sexta-feira, 10 de novembro de 2017

RIO DE JANEIRO: UMA CARNIFICINA DIÁRIA PARA NINGUÉM DUVIDAR...

Retrato de uma cena diária: insegurança, medo e perigo.

RIO DE JANEIRO: UMA CARNIFICINA DIÁRIA PARA NINGUÉM DUVIDAR.....
O Rio de Janeiro, infelizmente, continua, e continua mesmo, uma carnificina só...
Essa conclusão vem de um mapeamento realizado por uma ferramenta digital (não oficial), denominada Fogo Cruzado, sobre a violência no Rio, mas é somente nas principais ruas da capital, envolvendo vítimas de tiroteios e/ou disparos de armas de fogo.
O ‘montante’ é um saldo além de horripilante: num período de 14 meses (julho de 2016 a setembro de 2017), 226 pessoas perderam a vida, dentre as quais 118 eram policiais; o restante era de civis.
Mas o quadro traz outro resultado, ou melhor, evidencia a extensão da carnificina: nesses eventos, há os feridos também: 327 pessoas, dentre as quais 183 eram policiais – a maioria.
E se você souber que o levantamento analisou apenas oito vias da “Cidade Maravilhosa?” Pois é.... A Avenida Brasil – que corta vários bairros do Rio - é, segundo o estudo, a mais “problemática”, muito embora ela tenha mais de 50 km de extensão – aspecto que não justifica, jamais.
Parece até que essa carnificina ficou ‘normal’, já que não se vê, ao menos por enquanto, sinal de grandes mudanças neste cenário infeliz e de grande sofrimento moral, que só ajuda a perenizar a sensação de insegurança.
É o Brasil do acinte, do disparate, do desgoverno, enfim, da falta de um Estado a serviço do cidadão....

Não há outra conclusão! Infelizmente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário