quinta-feira, 31 de agosto de 2017

PAULO RAMOS: DEVO, NÃO NEGO... MAS PAGO QUANDO PUDER: SERÁ ISSO?


DEVO, NÃO NEGO.... MAS PAGO QUANDO PUDER: SERÁ ISSO?

Amanhã, sexta-feira, 1º., a Câmara Municipal de Paulo Ramos/MA, vai receber um público 'diferenciado', digamos assim, inclusive pela quantidade das pessoas que programam comprar o ingresso para a ‘primeira fila’ do Plenário... 

Com certeza, as cadeiras serão priorizadas ao pessoal da Educação, cujas pendências ‘teimam’ em mostrar rebeldia... 

Talvez, o espaço do Plenário da Câmara, fique pequeno. Tudo pela expectativa, elevadíssima, de que o Prefeito Deusimar Serra/PCdoB, não faça como da outra vez, e compareça mesmo à Casa, para falar dos ‘pobremas’ da Gestão que, aliás, não são poucos...

Sabe-se que a crise dos Municípios brasileiros não está ‘de brincadeira’, por conta da oscilação das receitas constitucionais, em face das obrigações correntes...

Mas é preciso que Deusimar Serra indique um norte, com uma solução razoável e concreta; é preciso achar, na pior das hipóteses, um ‘meio-termo’. Afinal, Deusimar Serra, na campanha eleitoral, fez muita propaganda sobre ter ‘experiência’ e ‘competência’ de sobra...

Chegou, então, a hora de Deusimar Serra mostrar serviço!

Agora, o que não pode é o atual Gestor lembrar-se dos ex-prefeitos para botar-lhes a culpa – como em outras ocasiões. Ainda mais sem propiciar a eles qualquer direito de defesa.

É preciso ir ao que interessa!! É preciso lembrar, também, que setembro chegou!! E, como os outros meses, ele chega, mas depois ‘vai embora!’, sem avisar a ninguém!

PAULO RAMOS: VEREADOR IVAN MATOS DIZ QUE É "INDEPENDENTE": COMO ASSIM?

Ivan Matos (amarelo), com seu colega de Câmara, Edvaldo Bigode.

IVAN, O ‘INDEPENDENTE?’...

Houve muita declaração que causou surpresa, na Câmara Municipal de Paulo Ramos, na última sexta-feira, 25, onde, parece que a vereança fez uma ‘sessão combinada’, para que tudo fosse dito no mesmo tom... a ‘sintonia’ foi impecável...

Mas uma declaração, dada pelo experiente Vereador Ivan Matos, causou estranheza, especialmente para quem conhece Ivan há várias eleições...

É que Ivan, esbravejou e quase botou fogo pela venta, chegando ao ponto de dizer que “sou independente” e que não pertencia a nenhum grupo político. Beleza de declaração, viu!

Só que ninguém entendeu a “independência” de Ivan, o “Bravo”. Quem conhece Ivan, nos últimos 60 anos, sabe que a declaração dele contém um erro do tamanho da Muralha da China. Ivan, com certeza, deve ter se esquecido dos tempos.... sim, daqueles bons tempos, quando estava na Prefeitura, Raimundo Nenen (8 anos), além de Noronha (4 anos), Tanclêdo Lima (8 anos), etc, etc.... 

Se botar só estes três, a soma ‘estoura’ a calculadora! Ainda mais se o troço for daqueles intitulados “do Paraguai”.

Será, mesmo, que Ivan Matos, quando falou que era “independente”, esqueceu-se de todo esse povo?

Será, então, que Ivan Matos vai botar a culpa na “memória?”

Vamos pra frente, que atrás vem gente!

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

EX-PREFEITA DE BOM JARDIM, LIDIANE LEITE: OUTRA VEZ E MAIS OUTRA VEZ....


EX-PREFEITA DE BOM JARDIM, LIDIANE LEITE: OUTRA VEZ E MAIS OUTRA VEZ....

Lidiane Leite, ex-prefeita de Bom Jardim/MA, passou a conviver com um inconveniente que tem atormentado a vida de muitos ex-gestores públicos... Trata-se do bloqueio de bens, enfrentado por ela e outras pessoas (+ 4) que integravam seu Governo pífio.

O bloqueio atinge bens imóveis, veículos e contas bancárias, cuja lista dos implicados consta também a Empresa Conscilter Construção Civil.

O bloqueio judicial foi determinado pelo juiz de Pio XII, Raphael Guedes, nos autos de Ação Civil Pública de improbidade, visando ressarcir prejuízos suportados pelo Erário Municipal, limitada à quantia de R$ 4 milhões de reais... Tem como origem contrato de execução de reforma e ampliação de Unidades Básicas de Saúde, as chamadas UBS.

Se brincar, Lidiane Leite vai ficar conhecida como a ‘prefeita dos bloqueios’...

terça-feira, 29 de agosto de 2017

FLAEMA E A POESIA DO QUINTETO: 'ENCONTRO MARCADO!' NO SÃO LUÍS SHOPPING!


‘ENCONTRO MARCADO’: É A POESIA NA FLAEMA.....

O Encontro deles, com certeza, já está garantidíssimo, lá na Flaema – Feira do Livro do Autor e do Editor Maranhense, que tem sua programação se iniciando no dia 8 e terminando em 17 do próximo mês, setembro – período no qual outras ‘peças’ vão passar por lá.

O ‘Encontro Marcado’ envolve o quinteto da poesia boa, aquela que flui e que tem, com certeza, força para deixar sua noite bem mais amena, para garantir uma dormida mais tranquila, especialmente em tempos de crise braba, que, às vezes, até a libido é feita vítima.

Eles estarão lá, no dia 16, às 9 da noite (assim mesmo, para não pairar dúvida): Luís Henrique, Luiza Cantanhêde, Paulo Rodrigues, Anna Elizandra e Carlos Vinhort, todos ‘maceteados’ para agasalhar você... o Recital é bem sugestivo: “Abrigos Poéticos”.

Então, abrigue-se!! Mas é lá na AMEI...

Nos veremos por lá! Com certeza!

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

A 'VIDA NAS PREFEITURAS'... OLHO D´ÁGUA DAS CUNHÃS NA MIRA DO MINISTÉRIO PÚBLICO.


A ‘VIDA NAS PREFEITURAS’.... OLHO D´ÁGUA DAS CUNHÃS NA MIRA DO MINISTÉRIO PÚBLICO.

A providência não é muito nova, mas o assunto é antigo demais: os conhecidos contratos envolvendo pessoal nas Prefeituras.... o Prefeito contrata, a três por quatro, como se diz... Mas se ‘esquece’ de fazer o concurso, para moralizar a Máquina e respeitar o servidor..... e o contribuinte também – aquele que paga a conta da ‘farra’, através dos impostos.

Agora, o Ministério Público, representado pela promotora de Justiça, Gabriele Gadelha, botou ‘tudo no papel’: quer que o Prefeito faça Concurso público, logo, logo; a providência ensejou a feitura de um TAC – Termo de Ajuste de Conduta, e se relaciona com o provimento dos cargos de professor.

E o raciocínio é simples: se contrata, é porque precisa. E se precisa, de verdade, deveria fazer concurso, e não ficar usando a Máquina para alcançar objetivos político-eleitorais.

O Prefeito, Rodrigo Araújo, terá um prazo de 8 meses para concluir sua tarefa. O gestor já está na contagem regressiva, pois o TAC foi assinado no dia 3 deste mês.

O martelo foi batido! Agora é esperar.

REFORMA POLÍTICA TEM CONSENSO.... MAS É SOBRE A FALTA DE CONSENSO.

Será que vai haver consenso/Será que vai haver dissenso..

REFORMA POLÍTICA TEM CONSENSO.... MAS É SOBRE A FALTA DE CONSENSO.

Pois é...

A Reforma Política, na Câmara dos Deputados, pelo visto, vai ficar mesmo só na imaginação... Não está sendo bem ‘assimilada’...
Há coisas e coisas... há a discussão do tal do ‘Fundo de Financiamento de Campanha’, aquele, cuja conta vem para o contribuinte, por conta do valor de 3,6 bilhões de reais. Teve um deputado dizendo que, apenas 1 bi daria para fazer a ‘farra’ dos candidatos. O próprio encarregado do assunto, Vicente Cândido/PT-SP, depois de não segurar um monte de críticas, chegou a dizer que apenas a metade do primeiro montante (1,8 bilhão) estaria de bom tamanho. Pelo menos, acenou com 50% de redução - um ‘descontão’, coisa de ‘pai pra filho’.

Outro ponto tem sido objeto de muito debate: a instituição do sistema chamado ‘Distritão’ – que a Europa não adota, de jeito nenhum, mas é usado, sabe aonde? No Afeganistão.... Isso mesmo, no Afeganistão, próximo do Paquistão, que é colado no Sarneyquistão.

Como explicar, então, um sistema do Paquistão passar a ser utilizado pelo Brasil, de cultura tão distinta? Hein??

Pois é... parece mesmo que a reforma política virou uma grande ré-forma.

É o Brasil.... O ‘defeito’ está em nós! Ou você duvida?

domingo, 27 de agosto de 2017

PAULO RAMOS: CÂMARA DE VEREADORES VAI FAZER O "PARLAMENTO ITINERANTE"... PELA ZONA RURAL...


CÂMARA DE PAULO RAMOS VAI FAZER O 'PARLAMENTO ITINERANTE'... PELA ZONA RURAL...

Não se sabe se por conta da temperatura, que subiu, nos últimos dias, e que chegou ao ‘pico’ na Sessão de sexta-feira, 25... Mas já há planos da Mesa Diretora da Câmara para fazer andanças em localidades da zona rural de Paulo Ramos, a chamada ‘Câmara Itinerante’. Em decorrência de pedidos de alguns vereadores.

Aliás, por falar em zona rural, dizem que, por lá, a coisa não está boa; tem gente ‘matando cachorro a grito’, como diz o ditado.

A propósito, os vereadores Nalvinha Torquato e Afrânio do ‘Léo’, nos últimos dias, fizeram um ‘passeio’ rápido em alguns povoados, como Serra dos Montes, Alto das Maricotas, Nova Olinda e outros.

Em Nova Olinda, a Educação está com uma ‘dívida alta’, pois o Colégio não funciona direito e ainda fica fechado em dias da semana. No Alto das Maricotas, a coisa está um pouquinho pior, já que o Colégio de lá (aquele que foi derrubado no Governo Tanclêdo Lima e usado eleitoralmente), continua do mesmo jeito, ou seja, à espera de uma providência do prefeito Deusimar Serra, que, após assumir, nunca apresentou às famílias da respectiva localidade um plano, de verdade, para a construção da Nova Escola. É demora demais, logo para quem deu ‘total apoio’ aos pais, mas aquele era ano de eleição.... e de votos também.

Por lá (por lá?), a coisa está chegando no ‘limite’, já que Nalvinha e Afrânio, ouviram servidores se queixando de que o Prefeito Deusimar Serra se esqueceu deles: 4, 5 e até 6 meses sem receber o primeiro salário. Tem gente pensando pedir "falência", nas próximas horas. Que horror!

Pelo visto, a Câmara de Vereadores vai ter muito trabalho na sua Itinerância... é preciso levar uma equipe, separada, só para anotar as pendências financeiras do Governo Deusimar...

Weltran Arruda, vereador experiente e de vários mandatos, não é homem de mentira... agora mesmo é que não vai aparecer alguém para contrariar a história que ele contou na Tribuna, na Sessão de sexta-feira – de que foi obrigado a alugar uma máquina para raspar caminhos, evitando, assim, que o caos se instale, de modo definitivo, agravando a situação de muitos trabalhadores, na ‘mata’.

Como alguém poderia questionar Weltran Arruda? Ora, o primeiro que poderia questionar tal alegação chama-se Deusimar Serra. Ninguém da Prefeitura deu um ‘pio’ sobre o assunto.

Tem coisa, ou melhor, tem hora que é melhor calar!

MILLÔR FERNANDES: O SAUDOSO HUMORISTA E SUA 'RECEITA' PARA 'MELHORAR...'



O 'ERRO' PARA ATRAIR O 'ACERTO...'

Um domingo para uma reflexão política em muitos Municípios maranhenses, ante o caos que teima em dar as 'cartas'. É uma reflexão que, inclusive, garante o humor, para não atrapalhar o desejo sexual - uma área que ainda não paga imposto. Eu disse, 'ainda!', ou seja, por enquanto.

"De erro em erro a gente chega ao poder".

(Millôr Fernandes)

Millôr Definitivo - A Bíblia do Caos, L&PM, Porto Alegre/RS, 2014.


sábado, 26 de agosto de 2017

É O 'RESUMO DO VEREADOR', NA CÂMARA DE PAULO RAMOS... É NO MARANHÃO!

Câmara: Uma Sessão nunca vista, antes!


É “O RESUMO DO VEREADOR”, NA CÂMARA DE PAULO RAMOS... É NO MARANHÃO!

Frases ‘antológicas’ da Sessão de Sexta-feira, na Câmara Municipal...

“.... é erro demais!” (...) Vou fiscalizar os 4 anos....”

“... os servidores vivem dias de insegurança.....”

“... vivemos terrorismo... as famílias não estão dormindo...”

“... está empurrando com a ‘barriga’, está se escondendo...”

“... isso é triste, é triste.....”

“.... vai ficar um modelo....”

“... nós estamos em agosto...”

“... quero continuar na base, mas numa base acertando....”

A frase última arrancou um pouco mais de aplausos da plateia, incluindo até a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos, Edileusa. Palmas e palmas, mas não era de modo forçado. Ali, as salvas eram espontâneas, honestas...

“.... tem um blogueiro por aí que disse: “procura-se um vereador!”.

O parlamentar dono da frase, contrariado, disse que era preciso ter mais cuidado, mais atenção, como se tivesse havido algum erro. Segundo ele, o prefeito era quem estava faltando: “.... marcou duas vezes e não veio!”

O certo, senhor parlamentar, é o povo procurar o vereador, mesmo, pois este se elegeu foi para ser fiscal da gestão, dentro do Município. Fiscalizar tudo, sem ‘sobrar nada’. E é bom lembrar: é somente em um Município. Em Lago da Pedra, Vitorino Freire e Marajá do Sena, por exemplo, a gente deixa para os vereadores de lá. A fiscalização de outros Municípios ficará a cargo dos representantes que foram eleitos pelo povo de lá...

“... se fosse escolher entre o meu mandato e a portaria de minha esposa....”

“... se querem conhecer um homem dê poder a ele”

“... estamos do lado de vocês... (...) esse prefeito que foi eleito...”

O povo, agora, ganhou representantes ‘renovados’, demonstrando muita ‘coragem’..... ‘firmeza’: veja que até o nome do prefeito foi esquecido.

Como não se animar, desse jeito! Nessa hora, teve gente com olhos ‘marejados’, por saber que a emoção voltou; que os dias podem ser diferentes. Mas é preciso deixar chegar as outras sextas-feiras. É preciso saber e entender que, antes, tem a semana inteira: segunda, terça, quarta e quinta – 4 dias.

Ninguém quer que vereador seja carrasco de prefeito, já que essa não deve ser a postura correta. O que a sociedade deseja, pretende é que o vereador seja o ‘fiscal’ do eleitor e, se ele não puder fazer isso, que ele diga, seja honesto, pois ninguém vai dar-lhe chicotada, como no Afeganistão e em alguns países árabes, onde essa pena corporal é aplicada. Mas a chibata pode, sim, ser usada, como metáfora – a urna de 2020, que não está tão longe.

Confesso que, até eu, que já fui vereador, fiquei emocionado. Se eu pudesse e o Regimento Interno permitisse, teria pedido a vaga de um, mesmo que por apenas 20 segundos...

A sexta-feira, na Câmara Municipal, foi um dia para ‘guardar na memória’, como se diz...

“... já falei até com a mãe do prefeito, mas ela disse que não tem culpa nenhuma...”

“... o Prefeito a gente não vê... Mas a máquina passa dias e dias fazendo açude particular (...) eu posso provar isso!”

“... se ver que não tem como administrar, passe para outro....”

E assim, a Sessão da Câmara de Paulo Ramos, de ontem, 25, poderá (eu disse, poderá) ser um marco na história do Parlamento-Mirim. É preciso esperar mais um pouco...

De todo modo, pelo acontecimento, constata-se uma satisfação e uma decepção do tamanho do monte Everest, na Ásia (aqui você se informa e, de quebra, aprende Geografia).

A satisfação é por saber que os vereadores estão vivos, têm poder de reação, muito embora não seja conveniente entrar em detalhes para saber por que alguns se comportaram com tanta ‘bravura’, no dia de ontem.

A decepção é pela constatação, real, inquestionável, de um fato inédito: O prefeito do Município sendo chacoalhado, depois de uma administração de apenas 8 meses, ainda não completos.

Mas a democracia é assim: sorrindo ou chorando, o resultado tem que valer. Como diz um amigo meu: “o combinado nunca é caro!”

Por fim, é preciso que o Prefeito Deusimar Serra saiba, de verdade, interpretar bem a reação e a resposta enviadas pela Câmara. Mas que seja pela via correta, e não por intermédio do ‘jeitinho’. O ‘jeitinho’ que todos querem, é que em Paulo Ramos, comece, de verdade, uma Administração, não que faça milagres, mas que procure encontrar saídas para a resolução dos problemas. Aumentá-los, só piora o quadro de desgraça que, como disse um vereador, naquela emblemática Sessão, está tirando o sono de muitas famílias.

Um ótimo sábado para todos!

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

CÂMARA DE PAULO RAMOS FAZ SESSÃO 'HISTÓRICA'.... OS VEREADORES RESGATARAM A DIGNIDADE DO PODER LEGISLATIVO!!

Weltran Arruda, no microfone: discurso contundente, em face das mazelas..

presentes cantam: 'o povo unido, jamais será vencido' - coisa inédita!

CÂMARA DE PAULO RAMOS FAZ SESSÃO ‘HISTÓRICA.....’ OS VEREADORES RESGATARAM A DIGNIDADE DO PODER LEGISLATIVO!!

Como os dias têm sido quentes, tivemos que deixar a publicação desta postagem para o cair da tarde, ou melhor, para o entrar da noite... basta a temperatura do Plenário da Câmara, pela manhã, com as queixas às mazelas do Município, ora sob a gerência (?) do comunista Deusimar Serra/PCdoB.

Pode-se dizer, mesmo, que a Câmara de Vereadores de Paulo Ramos, fez uma Sessão histórica... sim histórica mesmo (vamos colocar sem aspas, para não implicar sentido dúbio ou duplo ao termo).

Por conta desta sexta-feira, 25, muita gente que estava no Plenário da Casa, vai lembrar por muitos dias seguidos, as palavras ali ouvidas e repetidas. Na verdade, muita gente, em Paulo Ramos, já havia ‘jogado a toalha’ (perdoem-me, mas eu adoro escrever usando a ironia, a metáfora; talvez seja uma defesa que aprendi a usar em algumas passagens de meus escritos; quem me conhece já sabe).

Realmente, muitas pessoas já estavam se sentindo órfãs... os representantes, na Câmara, estavam, por assim dizer, apáticos; alguns Vereadores estavam, digamos assim, amarelados, de tão alheios às dificuldades e à choradeira do povo...

Mas hoje, acreditem – e divulguem isso, sem medo de errar – 100% dos atletas do Parlamento-Mirim, em Paulo Ramos, estavam ouriçados, ansiosos para jogar nas 10 posições da Casa – já que o Presidente, Francisco Santana, tem que ficar ‘neutro’. Pois é....

E acredite, novamente: não era uma ânsia apenas dos integrantes da chamada oposição; o bombardeio vinha, principalmente, da chamada ‘situação’. Nesta sexta-feira, podia-se dizer que o Prefeito Deusimar Serra, lá no Parlamento, ficou sem ‘base’; DS ficou totalmente ‘desbaseado’ (não vá ao dicionário, pois ele, talvez, não tenha essa palavra).

Edvaldo Bigode, Moabe Carvalhedo, Afrânio do ‘Leó’ falaram de temas importantes, todos de interesses da Coletividade... O discurso destes edis já era esperado...

Mas a coisa ganhou rumo ‘incerto’ quando os integrantes da ‘situação’ foram ao microfone e à tribuna, e começaram a fazer suas queixas, repetidas queixas. Era tanta queixa que uma pessoa desavisada poderia achar que a Câmara de Paulo Ramos havia se transformado no Procon Municipal. E tinha plateia aguerrida! Mas não era do Prefeito, a exemplo daquela que DS levou no começo do ano para ‘bater palmas’...

Fladilson Paca, Weltran Arruda e Franceílson não pouparam o Prefeito Deusimar Serra, o qual, na última sexta-feira, 18, deu um ‘chapéu’ na Câmara Municipal, fugindo para lugar ignorado, ao invés de comparecer ao Parlamento, de cabeça erguida, para entregar 1001 explicações que a população vem pedindo faz dias, sobre temas variados... DS achou melhor ‘fugir’ e, de quebra, esconder parte dos vereadores, mas o ‘tiro saiu pela culatra’, como diz o velho ditado. Essa é a grande verdade!! Quem não achar bom, que se cale para sempre!!

Nos últimos dias, o Município foi tomado de assalto por uma notícia que deixou gente triste, estressada... e de cama, literalmente, segundo a qual, o comunista Deusimar Serra pretende questionar a nomeação dos ‘excedentes’ e, consequentemente, cassar suas portarias (mais de 200), deixando na rua da amargura algumas famílias, logo numa época de grandes dificuldades para muitas pessoas... talvez, Deusimar Serra queira prejudicar Michel Temer, aumentando o desemprego. Só pode ser isso! Ou, então, deve ser uma ‘estratégia’ do PCdoB do Governador Flávio Dino, que torce contra a turma do Planalto, em Brasília.

Pois bem! O tema ‘excedente’ foi o ‘estopim’, com Fladilson Paca, cuja mulher é dessa lista: “Se fosse escolher entre meu mandato e a portaria da minha esposa, ficaria com a portaria dela”, disse o parlamentar.

A declaração de Fladilson Paca, seguramente, não era uma declaração de amor à sua mulher (que foi nomeada pelo ex-prefeito Tanclêdo Lima). Para começar, Fladilson não é tão romântico assim. FP dava, da Tribuna, um recado curto e grosso para o Prefeito que ele ajudou a colocar na Prefeitura; o parlamentar, também nesta sexta, chegou a dizer (com uma ironia precisa), que Paulo Ramos vai ficar uma ‘cidade-modelo’, já que Deusimar Serra, nas suas ausências, tem alegado que está ‘arrumando projetos’ para o Município – um discurso que, para muitos, já perdeu a validade.

Na Câmara, nesta sexta, parecia um ‘dia de cão’... teve até uma pessoa que, ali, chegou a comentar, numa linguagem bem popular: “estourou a boiada!”.

Mas o dia, por lá, foi ‘diferente’, surpreendeu! Até a Vereadora Corina Gomes, conhecida pelo discurso amanteigado, chegou a dizer que, ‘a partir de agora..... Pois é... A coisa, meu amigo, foi nesses termos, viu!

Infelizmente, o nosso tempo estourou; a postagem ficou grande, e as pessoas reclamam, quando eu falo muito. Eu até que estou num ‘pique bom’, mas eu tenho que parar. É melhor alguém pedir ‘mais’ do que dizer ‘já chega!’.

Vou deixar um ‘restim’ para amanhã, sábado, que eu não sou besta!!

Vá dormir cedo! Amanhã, você acorda (com fé em Deus) e vai ter acesso ao resto da história... é a história do dia em que os Vereadores de Paulo Ramos, recobraram o senso de respeito e dignidade.

Na segunda fotografia, algo inédito: pessoas batendo palmas, com a frase: "o povo unido, jamais será vencido". 

É mole ou quer mais?

CÂMARA MUNICIPAL DE PAULO RAMOS FAZ SESSÃO 'HISTÓRICA': OS VEREADORES SE CANSARAM DE ESPERAR!!


CÂMARA DE VEREADORES DE PAULO RAMOS REALIZA SESSÃO 'HISTÓRICA', NESTA SEXTA-FEIRA.

Parece que os vereadores se cansaram de esperar o que nunca vem....

Daqui a pouco, a matéria... estamos na 'redação', dando os últimos 'retoques'.

Previsão da postagem: 40 minutos, se não houver sabotagem!! Do jeito que estão as coisas, até a Internet pode cair...



quinta-feira, 24 de agosto de 2017

VIDA DE EX-PREFEITO/A.... BOM JARDIM EM 'DOSE CONTINUADA...'

Lidiane Leite: mais e mais problemas...

VIDA DE EX-PREFEITO/A.... BOM JARDIM EM 'DOSE CONTINUADA...'

Se complicação, de natureza administrativa desfigurasse rostos, causando-lhes rugas, com certeza, o semblante da ex-prefeita de Bom Jardim/MA, Lidiane Leite, não seria esse retratado pela fotografia acima – mesmo estando embutido um pequeno ‘desconto’ pela maquiagem, que, às vezes, ajuda a esconder algumas, digamos assim, ‘impropriedades’.

Realmente, a vida de ex-mandatária municipal não tem sido nada fácil para Lidiane Leite, pela obrigação de resolver ‘coisas pendentes’, do tempo em que ela era a prefeita, mas apenas ‘no papel’, já que quem mandava em ‘tudo e em todos’ era mesmo o seu então namorado, Humberto Dantas “Beto Rocha” – que já foi preso, meses atrás, numa operação da Polícia civil, por conta das peripécias aprontadas a partir da Prefeitura de Bom Jardim.

A nova investida do Ministério Público, tem o citado ex-namorado como um dos personagens implicado, além de outros ex-secretários.

Agora, a encrenca da ex-prefeita Lidiane Mendes é o mais do mesmo: o cardápio vai de corrupção a peculato, passando por falsidade ideológica....  

De acordo com o promotor do caso, Fábio Santos de Oliveira, o grupo cometeu uma lista de delitos, inclusive aqueles contidos na Lei das Licitações, bem assim o de associação criminosa, tudo em detrimento dos interesses supremos da Municipalidade, via merenda escolar – aquela que os alunos torcem, dia e noite, para que ela chegue, mas....

O pior é que, segundo o MPE, a merenda escolar não deu sinal de vida, por lá, mas o dinheiro dela foi parar nas contas das ‘empresas’ – nos anos de 2013 a 2015.

Vamos aguardar Lidiane Leite... quem sabe ela pode arrumar um ‘trunfo’, nessa nova etapa da vida pós-mandato.

É o mais do mesmo....

É o Brasil!

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

CHEGOU A VEZ DO TUCANATO... SERIA O MAIS DO MESMO?

Azeredo... agora, com sentença confirmada em Segundo Grau...

CHEGOU A VEZ DO TUCANATO.... SERIA O MAIS DO MESMO?

Estava tudo certo, ou melhor, meio-incerto... o Relator da Apelação do ex-governador de Minas, Eduardo Azeredo, chegou acenar com a sua absolvição, mas, na hora “H”, o ‘caldo entornou’, e a Turma entendeu de confirmar a condenação de primeira instância, contra o tucano, por crime de peculato, o famoso desvio de dinheiro público, além de lavagem de dinheiro – mas nada a ver com aquela lavagem com sabão e água.

Para quem não se lembra, o caso envolve o tal do “Mensalão Mineiro”, que, a exemplo do que fizera o PT, também foi negado até às ‘últimas’ pela boa turma do PSDB...

O placar do resultado foi 2 X 1, com voto do Relator favorável a Azeredo, mas com opinião diametralmente oposta dos outros dois integrantes. Muitas vezes, é melhor começar perdendo e chegar no final com a vitória... Com Azeredo foi o contrário. Deu no que deu...

O Ministério Público chegou a pedir a prisão do ex-governador, mas o TJ mineiro já avisou que vai aguardar a fase de recursos (embargos, de declaração – quando há, no julgado, alguma obscuridade ou omissão, por exemplo; e infringentes – quando a decisão não é unânime, permitindo, assim, que o Apelante faça novo pedido, mas para avaliação, em regra, dos mesmos juízes.

Azeredo, na Apelação criminal submetida ao Tribunal de Minas Gerais, ainda teve sua pena reduzida em 9 meses, mas a Turma julgadora deixou a reprimenda em 20 anos e 1 mês de reclusão.

A pena é considerável e, com certeza, carrega também um grande efeito pedagógico, ainda mais para um graduado do Tucanato nacional.

No direito, as coisas oscilam muito.... o Relator Alexandre Victo de Carvalho, chegou a pedir a absolvição de Azeredo, por "falta de provas". Os demais desembargadores, no entanto.....

terça-feira, 22 de agosto de 2017

JOGADOR NEYMAR SERÁ ACIONADO PARA DEVOLVER AO BARCELONA 31 MILHÕES DE REAIS.... SERÁ QUE O ASTRO VAI ENCARAR?

Neymar segura a camisa, com o dono do PSG e dos Euros...

NEYMAR SERÁ ACIONADO PARA DEVOLVER AO BARCELONA 31 MILHÕES DE REAIS.... SERÁ QUE O ASTRO VAI ENCARAR?

Na Terra, no Céu e no Mar todos sabem que as ‘cifras’ levaram o jogador brasileiro Neymar Jr. a deixar o Barcelona, na Espanha, indo ao arrojado PSG, da França.

Neymar disse que sua transação não era por dinheiro, mas também não disse o que o moveu a trocar de clube, tão rápido como um raio. Afinal, não é tarefa fácil esnobar um Barcelona da vida...

Mas no capitalismo é assim mesmo: uma transação, estabelecida como a maior da história no Mundo do Futebol, fica difícil não ter força para ‘balançar’ corações... e mentes também. Ficou complicado para o Barcelona suportar a avalanche dos Euros vindos das Arábias/Qatar, onde as notas, às vezes, se amontam à fartura extasiante.

Agora, vem o segundo roud, o Barcelona, depois do duro golpe, orquestrado pelo manda-chuva do PSG – Nasser Al-Khelaif, vai à desforra: quer que Neymar lhe devolva um adiantamento financeiro da ‘renovação’, dado ao jogador, no ano passado. A cifra, a depender de quem envolvido, pode ser um ‘refresco’: 31 milhões de reais, já que o Barcelona quer o dinheiro com juros e correções, a ponto de não faltar nenhum centavo, para acerto posterior. É a ‘regra do jogo’, no mundo dos negócios, que, como se sabe, não envolvem amizade, até mesmo porque, desse ingrediente, o torcedor do time catalão, jamais quer tratar, envolvendo aquele, cuja permanência foi estraçalhada pelo poder das ‘cifras’ – 220 milhões de Euros, quase um bilhão de reais, superando, em muito, a segunda maior transação do gênero, de apenas 110 milhões. 

Sabe-se que Neymar, em campo, tem dado trabalho, de sobra, aos adversários, com suas diabruras inimagináveis.

Mas é preciso que Neymar compreenda que terá de jogar, agora, num ‘campo’ com regras diferenciadas. Driblar, dentro das quatro linhas, é uma coisa. Mas driblar, nos negócios, é coisa bem diferente.

Vem ‘troco’ por aí! É esperar!

Será que o astro do futebol mundial, na atualidade, vai encarar?

AMIZADE SAUDÁVEL... OS IDOSOS AGRADECEM! OS BICHINHOS, TAMBÉM!

amizade saudável...

AMIZADE SAUDÁVEL.... OS IDOSOS AGRADECEM! E OS BICHINHOS, TAMBÉM!

Estudos mostram que ter uma companhia canina, melhora, em muito, a saúde, na fase da meia-idade. Isso foi revelado por uma pesquisa recente. Ou seja, é tão saudável ter um cão, nessa fase da vida, que os estudiosos teimam em recomendar a adoção de um cachorro, para servir nas companhias, as quais, diga-se, são algo muito vantajoso também para os bichinhos, que precisam fazer exercícios, notadamente para eliminar o estresse.

Tem gente, há tempos, dizendo por aí que, ‘prefiro um cachorro a um humano’.
Se alguns já pensavam assim, imagine, agora, com essa pesquisa...

Faz tempo que eu estou pensando em adotar um cachorrinho.... mas não pense que o plano é por causa de minha idade. Daqui até ficar velho, tem chão, meu amigo. Essa parte, eu entrego aos 'calendários'...

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

PREFEITO DE PORTO FRANCO/MA, JÁ ACUSADO DE PAGAR 'MENSALINHO', ENFRENTA MAIS UMA 'DEMANDA' DO MINISTÉRIO PÚBLICO.

Nélson Horácio: de novo na mira do MPE...

PREFEITO DE PORTO FRANCO/MA, JÁ ACUSADO DE PAGAR ‘MENSALINHO’ A VEREADORES, ENFRENTA MAIS UMA ‘DEMANDA’ DO MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL...

Podem acreditar, é tudo verdade! O Prefeito de Porto Franco/MA, Nélson Horácio Macedo, depois de ser acionado/julho, com outros servidores, pela prática de improbidade (por, supostamente, pagar um ‘mensalinho’ para integrantes da Câmara Municipal, visando segurar um bom ‘apoio’), agora se vê, novamente – também com outros servidores, implicado num negócio cabeludo, em prejuízo dos cofres públicos.

Nélson Horácio – que já corre um sério risco de ser apanhado, por conta do referido ‘mensalinho’, agora, entendeu de contratar um escritório de Contabilidade (G. Cavalcante Silva – ME), mas, antes, retirar os servidores do mesmo setor, para, segundo o MPE, justificar a feitura do Pregão Presencial nº. 029/217, a famosa licitação.

O valor do ‘negócio’ atinge o patamar de R$ 426 mil anuais, ou seja, quase meio milhão de reais, o que daria uma média de R$ 35.500,00 (trinta e cinco mil e quinhentos reais) a cada mês do Exercício Financeiro de 2017, tudo a ser pago, claro, com o suor do velho contribuinte, via impostos.

Mas as peripécias encontradas na Prefeitura de Porto Franco, acreditem, não se resumem apenas ao que você já leu. O Prefeito Nélson Horácio, talvez com medo de faltar carne na cidade e até na região, se ‘apressou’ para contratar um açougue local, para fornecer carne para três Secretarias Municipais. Mas se você acha que o prefeito economizou, está redondamente enganado, pois a contratação do importante alimento ficou por R$ 1,1 milhão. Vamos botar por extenso, para você não achar que é erro de digitação: UM MILHÃO E CEM MIL REAIS, o que dá uma média para acudir municípios com uma estrutura administrativa só vista em cidades grandes e nas Capitais do País. Pelo jeito, o Prefeito Nélson Horácio vai ter que distribuir carne, todos os dias da semana, para a população de seu município, fora aquela que será destinada ao consumo dos órgãos da Administração.

Na ação de improbidade, o MPE pede, além de outras punições, que o referido Gestor e demais envolvidos sejam condenados a ressarcir os cofres públicos, percam a função pública e tenham os direitos suspensos por até 8 anos.

Pelo visto, é aconselhável que Nélson Horácio faça uma assepsia em sua Administração. É preciso que ele se dê conta de que, para 8 meses de Governo, as peripécias já estão na casa dos excessos. Horácio tem que lembrar, também, que ainda faltam 40 meses para acabar o mandato, ou seja, tem muito ‘chão pela frente’.

PROCURADOR-ADJUNTO DA PREFEITURA DE PAULO RAMOS PEDE DEMISSÃO, POR 'DISCORDAR' DA ORIENTAÇÃO DO PREFEITO.

Gilson Fernandes(de verde) e André Farias (meio), com Valéria Lauande, na sede OAB-MA, pedindo sessão de desagravo.

PROCURADOR-ADJUNTO DA PREFEITURA DE PAULO RAMOS PEDE DEMISSÃO, POR ‘DISCORDAR’ DA ORIENTAÇÃO DO PREFEITO.

Não bastasse o elenco de coisas para resolver, no âmbito da Administração, para colocar a Máquina ‘em dia’, o Prefeito de Paulo Ramos, Deusimar Serra Silva/PCdoB, sofreu uma espécie de derrota interna, nos últimos dias: o Procurador-Adjunto do Município pediu demissão do cargo, afastando-se, com isso, da Gestão, de forma definitiva.

O agora, ex-procurador, é Gilson Fernandes de Araújo, advogado, com bastante experiência e que, junto com sua esposa – lotada na pasta da Assistência Social (Creas) – estava trabalhando na Gestão do comunista Deusimar Serra, desde o início do ano, prestando serviços numa área em que alguns Municípios do Maranhão precisam melhorar e avançar: o setor jurídico, a fim de preparar a Máquina para enfrentar desafios diários, dando solução razoável a alguns conflitos que aparecem, normalmente e, às vezes, sem ‘aviso prévio’, em áreas diversas do direito.

‘Doutor Gilson’, como é conhecido no meio jurídico, diga-se de passagem, é um conhecido de Deusimar Serra, desde quando este ainda estava lutando para chegar na Prefeitura de Paulo Ramos. O referido advogado, também teria prestado assessoria jurídica para o então candidato, no ano de 2016, especialmente no período eleitoral.

Logo que a Administração do comunista Deusimar Serra começou, ‘Dr. Gilson’ Fernandes, após apelos do Prefeito, terminou aceitando prestar assessoria jurídica em prol do Município, uma vez que também advoga em algumas Comarcas do Estado, inclusive na Capital, São Luís.

Aliás, o principal e importante litígio jurídico que a Prefeitura de Paulo Ramos enfrentou, na atual Gestão (reintegração de posse da área apelidada de “Campo de Aviação”), teve a condução de ‘Dr. Gilson’, já que este foi quem elaborou e assinou a petição inicial da respectiva ação, inclusive com a obtenção de tutela liminar em favor da Prefeitura, em cuja diligência de cumprimento da ordem ‘Dr. Gilson’ esteve, inclusive, presente, com outros profissionais da Prefeitura. A ação judicial de Reintegração de Posse ainda terá seu mérito analisado na Comarca, mas a área já foi desocupada e sem qualquer incidente, com o apoio da Polícia Militar.

Mas ‘Dr. Gilson’ vinha ‘discordando’ da equipe do Gestor, uma vez que o Prefeito Deusimar Serra não teria ficado contente com a recusa do então advogado, por este se negar a assinar um parecer referente a uma licitação, cujos ‘termos’ o Procurador-Adjunto, Gilson Fernandes, não aceitou, o fazendo eminentemente por questões técnicas, ou seja, legais.

Mas o ‘caldo entornou’, de vez, quando o salário de sua esposa, Érika Manuela, ficou atrasado por dois meses, provavelmente, por ‘reprimenda’, o que moveu ‘Dr. Gilson’, claro, a reclamar do ato e, na sequência, pedir demissão, mas de conteúdo duplo, já que sua esposa também decidiu se afastar da Prefeitura, desfalcando a Máquina e obrigando, com isso, a Pasta da Assistência Social a ter que buscar uma profissional com a mesma qualificação da ‘Professora’ Érika.

Não há dúvida de que a saída do subprocurador é uma perda considerável à Prefeitura de Paulo Ramos, uma vez que ‘Dr. Gilson’, além do conhecimento jurídico que detém, é uma pessoa de bom trato, com um preparo suficiente para enfrentar inúmeros problemas jurídicos e administrativos, até mesmo pelo fato de já ter atuado em assessoria de outras prefeituras, inclusive a da Capital, São Luís.

O advogado Gilson Fernandes, que também já foi professor de Faculdades e é pós-graduado em direito civil, processual civil e constitucional, entregou sua carta de demissão ao Prefeito Deusimar Serra há, aproximadamente, 10 dias, na qual, chegou a ressaltar que Paulo Ramos é uma cidade “pacata de um povo sofrido e esperançoso por dias melhores, que me parece mui distantes da realidade em que vivem”, anota o pedido entregue, em caráter irrevogável.