quarta-feira, 31 de maio de 2017

MICHEL TEMER E A 'ERA DO DESCONFORTO'....


Fonte/Charge: blogdoamarildo.

Era do 'desconforto' faz Michel Temer negar a si mesmo: uma tática a que muitos políticos deverão recorrer, para o enfrentamento da 'grande travessia'. 

terça-feira, 30 de maio de 2017

CÂMARA DE PAULO RAMOS AUTORIZA PREFEITO A CONTRATAR SERVIDORES TEMPORÁRIOS.




EM SESSÃO CONCORRIDA, CÂMARA DE PAULO RAMOS AUTORIZA PREFEITO CONTRATAR SERVIDORES.

A Sessão, concorrida, foi nesta segunda-feira, 29... depois de muito ‘vai e vem’ e reclamações de alguns vereadores, a Câmara Municipal de Paulo Ramos aprovou Projeto de Lei, de autoria do Executivo, permitindo a contratação de servidores públicos, por prazo determinado. É a Lei do chamado “Seletivo”.

A Lei aprovada, ontem, fala em 262 pessoas – a proposta discutida na Sessão anterior, também extraordinária, mencionava 355 pessoas – um dos itens que fez vereadores da oposição reclamarem, do começo ao fim.

A Prefeitura foi representada pelo Procurador Municipal, Dr. Eduardo que, na oportunidade, fez uma explanação sobre a necessidade da Administração quanto à contratação pedida na matéria, logo após, discutida e aprovada, por 8 votos favoráveis e dois contra – de Nalva Torquato e Edvaldo Bigode, dois parlamentares que têm atuado na linha de frente, arregimentando forças para fiscalizar os atos do Poder Executivo – uma tarefa que, infelizmente, tem sido trabalhosa, no âmbito dos Parlamentos do País.

Nas considerações finais, os dois vereadores da oposição justificaram seus votos, dizendo que a proposta do Prefeito Deusimar Serra padece de ilegalidades e que o Projeto de Lei veio desacompanhado de informações para que a Câmara pudesse verificar o tamanho do impacto financeiro que a proposta vai acarretar para a atual Administração.

O Projeto de Lei, agora, vai à sanção do Poder Executivo, apesar de não ter tido, sequer, uma alteração. Só deve produzir efeitos quando houver a sua publicação.

O Projeto de Lei autoriza a atual Administração a contratar pelo prazo de 18 meses, com possibilidade de prorrogação por igual prazo, ou seja, quase todo o período do mandato do atual gestor, Deusimar Serra.

Em tempo: A Sessão da Câmara Municipal, ontem – a exemplo da anterior, foi extraordinária, ou seja, aquela em que os vereadores ganham um valor a mais, fora do ganho normal, durante o mês.

Alguns vereadores alinhados com a situação disseram que “vamos fiscalizar” – um argumento dito, talvez, para justificar aos presentes e à sociedade a postura assumida, numa matéria, diga-se, carregada de polêmicas.

segunda-feira, 29 de maio de 2017

MICHEL TEMER E SUA FALTA DE 'DIREÇÃO': SERÁ UMA PEGADINHA?


MICHEL TEMER E SUA FALTA DE ‘DIREÇÃO’: SERÁ UMA PEGADINHA?

Claro que ‘uma coisa é uma coisa’ e ‘outra coisa é outra coisa!’

Michel Temer, como se sabe, não está nada bem, enfrentando ‘altos e baixos’, à frente (?) da Presidência da República, como se tivesse perdido o endereço para chegar a bom termo.... Que o diga as pretensões de Impeachment, que o Presidente Temer tem tentado afastar, usando a base aliada.

Pois bem... o Presidente, ainda no mês de abril passado, rumou a um bairro de São Paulo; ele queria visitar Sílvio Santos, o dono do SBT. Não foi possível.... Adivinha na casa de quem o Presidente Michel parou?

Temer não chegou a acertar a casa do dono do ‘Baú’, mas andou foi longe, como se diz por aí, nas rodas de conversa.

Olha só! Michel Temer foi sair, pasmem!, na casa do empresário Paulo Skaf, presidente da Fiesp. Pode acreditar! Foi sem querer! É sério!  

Desse jeito, Temer pode passar medo para alguns brasileiros, viu!! Daqui a pouco pode aparecer gente dizendo que Temer vai se ‘perder’, com todo mundo junto!

É de lascar!  Ou não é ??

domingo, 28 de maio de 2017

CÂMARA DE PAULO RAMOS FARÁ SESSÃO, NESTA SEGUNDA-FEIRA, PARA APRECIAR PROJETO DO SELETIVO DO PREFEITO DEUSIMAR SERRA.


PREFEITO DE PAULO RAMOS MANDA À CÂMARA PROJETO DE LEI PARA ‘CONTRATAR’ SERVIDORES: É A SEGUNDA INVESTIDA, PARA ENTRAR EM SESSÃO EXTRAORDINÁRIA NESTA SEGUNDA!

O Prefeito de Paulo Ramos, Deusimar Serra/PC do B, remeteu proposta ao Poder Legislativo, com vistas à aprovação de seletivo, visando à contratação de servidores... é a segunda investida do comunista Deusimar Serra; na primeira vez, há uma semana, a Câmara Municipal, quase em peso, disse que a proposta do Executivo estava recheada de incongruências, como, por exemplo, a existência de choque entre os cargos pretendidos, envolvendo a contratação, e aqueles constantes da Estrutura Administrativa do Município. Ou seja, havia cargos que a referida Estrutura Administração não prevê.

Não era só isso! O Projeto do Poder Executivo também não trouxe os valores dos cargos, objeto da proposta de contratação – um aspecto mais do que importante, para que os vereadores saibam dos impactos econômico-financeiros que estão por vir e que poderão trazer muitas dificuldades futuras à Prefeitura de Paulo Ramos – numa época em que a Gestão pública tem que primar pela eficiência e pelo controle de gastos públicos.

O Presidente da Câmara Municipal, Francisco Santana, ontem, enviou ofícios aos edis, convocando-os para a realização de Sessão Extraordinária, nesta segunda-feira, 29 – aquela que é preciso pagar uma quantia a mais, para os parlamentares, fora dos subsídios normais do cargo.

Perguntar não ofende: por que o Prefeito Deusimar Serra não deixa o Projeto entrar na Sessão normal, na sexta-feira, evitando-se, assim, gasto extra? Seria isso, então, uma forma de ‘agradar’ alguns vereadores, para que a proposta seja melhor ‘digerida?’

Entre segunda e sexta-feira há uma diferença de apenas 3 dias. Você acha, então, que o Prefeito está certo ao gastar dinheiro do contribuinte com Sessão extraordinária, por causa de apenas 3 dias??

A Sessão Extraordinária pedida pelo Prefeito e já marcada pela Mesa Diretora da Câmara está prevista para ocorrer a partir das 9 horas da manhã.

Com certeza, o Plenário da Câmara vai receber muita gente interessada no assunto.

UM BRASIL 'DIFÍCIL' PRA SE VIVER..... CRÔNICA, POR ALEX BARROSO.

JBS: o boicote funcionaria?

UM BRASIL ‘DIFÍCIL’ PRA SE VIVER......

Crônica, por Alex Barroso (advogado).

Nos últimos meses, com os acontecimentos que vieram à tona, no mundo empresarial e político, chegou-se à conclusão de que, atualmente, muita gente está ‘implicada’; são tantas as ‘complicações’ e as ‘imbricações’.... nossos atos hão de ensejar consequências várias, e não adianta recorrer àquela conduta ‘desviante’, para fazer de conta que o muxicão deve ser dado tão somente naquele que vem ‘mais atrás’. Nós mesmos não temos nada a ver ‘com isso!’ É isso mesmo? Eu, hein!

De repente, ouvimos no noticiário da televisão, logo pela manhã, que, dentre os conduzidos pela PF está o nosso representante, no Congresso Nacional... é que o nosso deputado, tão combativo, tão altivo, durante a campanha eleitoral, está sendo ‘levado’ para a cadeia, ante a descoberta de que ele, ao invés de estar fazendo a defesa de nossos interesses, no Parlamento, foi pego com o ‘boca na botija’, metido em traquinagens mil; ele, o nosso representante, estava, ou melhor, está enfiado até o pescoço, em falcatruas, envolvendo duas de nossas estatais, já tão sofridas pela ação deletéria de outros gatunos de ‘primeira linha’, sempre audaciosos, em colher aquilo que outros plantaram.

Estamos diante de um ‘retrato’, cunhado pela ‘capacidade de gerenciamento’, no melhor ‘conceito delinquencial’ de homens que sofreram, no ‘meio do caminho’, uma transformação, a partir dos interesses que eles trataram de nos esconder, quando fizeram aqueles contatos para a demonstração de lamentáveis propósitos que eram e que continuam sendo só seus. Perdeu-se a compostura... o pior é que estamos numa época em que fica mais ‘fácil’ entender aquela máxima, segundo a qual, ‘todo homem tem seu preço’. E se tiver, mesmo, como ficariam alguns personagens, quando houvesse uma liquidação geral, para a ‘reposição dos estoques?’  

Pensando bem, estamos atravessando um processo de decomposição em vários sentidos, inclusive no campo da moral e da ética. Será isso mesmo??

Os dias e as horas passam, mas nada de certeza sobre o ‘final da largada’, com vistas a um recomeço....
No escândalo da hora, a JBS entende ter chegado sua ‘oportunidade’ de ‘contribuir’, a fim de marcar sua atuação, para ajudar nos livros de história...

Na verdade, o revelado pela direção da empresa é apenas uma espécie de sequência de um filme vampiresco, a confirmar uma qualidade diferenciada para o sangue dos brasileiros de bem, aqueles que continuarão a pagar seus impostos, sem poder recorrer a quem quer que seja. É uma situação-limite, se é que para alguns isso tenha alguma importância.

A JBS é uma Cia ‘grandiosa’, não só pela capacidade de demonstrar o tamanho da cratera que ela ajudou a ‘formatar’, irrigando ‘mãos’ e ‘bolsos’ de muitas ‘nacionalidades’, para fazer jus ao processo de sua ‘expansão’, Mundo afora, através do braço longo do nosso providencial BNDES – tão mirado pelos grandes ‘conglomerados’. A JBS é grande pelo tamanho de sua ‘ousadia’ em atuar contra nós e, ao mesmo tempo, poder contar com a nossa falta de ousadia e/ou reação.

O certo é que, agora, podemos checar a lista de nossas dificuldades para lidar com um troço desse tamanho e fundura.... A JBS está em muitos setores da economia, inclusive empurrando a carne, via Friboi, ao estômago dos brasileiros, por meio de campanhas bem sucedidas.

Amanhã, por conta das denúncias criminais, os investigadores poderão querer saber se os consumidores, quando compraram a carne da empresa, sabiam das falcatruas praticadas por ela e por seus donos. Eles, os investigadores, poderão enxergar a participação de muitos de nós, em práticas danosas e pouco recomendáveis e, daí, tirar conclusão de verdadeiro ‘conluio’. Que encruzilhada, a nossa, viu!!

E, se daqui a pouco, baixarem uma norma para impedir que compremos a carne da Friboi, a linguiça da Seara, o leite da Itambé, o detergente/limpeza da Minuano/Neutrox, a sandália da Havaianas ......???

Pois é..... ao que tudo indica, a coisa saiu dos trilhos. Ou será que nunca esteve neles?

Nós somos o País do Carnaval, do Futebol, da Feijoada..... e do Churrasco.
Será possível garantir tudo isso sem a presença, marcante, da JBS e dos irmãos Wesley e Joesley Batista?

Qualquer coisa, a gente recorre ao ator Tony Ramos... e, se for preciso mais empenho, buscaremos o Rei Roberto Carlos, para garantir o continuar da nossa festa!

Você ainda insiste em dizer que as coisas, no Brasil, estão difíceis?

Prefiro fazer como um jornalista do passado: “Nada a declarar!”, até porque, sendo um candidato em potencial, constatei que a JBS foi a maior 'doadora' da campanha eleitoral de 2014.

Nem mesmo sei se deveria ter feito a indagação supra!

HUMOR: UM DOMINGO PARA COMEÇAR COM UMA INTERROGAÇÃO....

o velho Millôr e suas 'máximas'.

PARA COMEÇAR O NOSSO DOMINGO, COM INTERROGAÇÃO....

"O cara que inventou o ponto de interrogação, esse sim, pode dizer que acabou com todas as dúvidas".

(Millôr Fernandes)

Millôr Definitivo - a Bíblia do Caos, 16ª. ed. Porto Alegre, L&PM, 2014.


sábado, 27 de maio de 2017

ADVOGADO E ESCRITOR DE PAULO RAMOS FALA SOBRE SUA SEGUNDA OBRA LITERÁRIA.

entrega da Obra no "Farol da Educação" (servidora Francitonia)

entrega à Presidência da Câmara de Paulo Ramos.

na Promotoria (Dr. Fernando Rezende/Delegado de Polícia e o Assessor do MP, Edigar Junior).

UM IMPORTANTE E NECESSÁRIO AGRADECIMENTO....

Nesta oportunidade, achei melhor usar o texto na ‘primeira pessoa’, ante a simbologia do tema.

Neste ano de 2017, tive o prazer de integrar um rol de esforçadas personalidades, do Brasil e de países da cultura lusófona (onde se fala a mesma língua/português), como Portugal, Moçambique, Guiné, Angola, Timor-Leste e outros...

Passo, assim, a fazer parte da segunda obra literária – uma Coletânea Internacional, lançada em fevereiro deste ano de 2017, em Lisboa, Portugal, sob a organização da Editora Sem Fronteiras, tendo à frente a combativa e apaixonada escritora Dyandreia Portugal que, em pouco tempo, tem feito muito para melhorar a cultura, nos projetos que abraça, no Brasil e em outros países, especialmente aqueles da mesma identidade cultural.

Como dito, este é o nosso segundo trabalho, pois que em dezembro de 2016, também com bastante prazer e satisfação, tivemos a oportunidade de atuar como coautor de uma Antologia - “Mais do Que Palavras”, lançada pela Editora Paulista Scortecci, que marcaria a nossa incursão no universo literário impresso, ou seja, por meio físico, uma vez que, na plataforma digital, há mais de 2 anos estamos dando ‘sinal de vida’, para falar de assuntos variados por meio da crônica, do conto e até da poesia – uma vereda na qual comecei a ‘pisar’, mas de forma avulsa, por influência de bons cultivadores desse último gênero.

O fato, realíssimo, é que, agora, podemos dizer que passamos da fase do ‘aquecimento’ – o começo em que você tem que fazer aquele, digamos assim, ‘alongamento inicial’, preparando-se para fazer uma boa ‘largada’, rumo a um projeto ‘mais adiante’, capaz de trazer resultados satisfatórios, num meio bastante agitado e concorrido, com passagens, às vezes, difíceis de transpor.

Mas vamos lá! A parte mais difícil, imagino, já foi enfrentada, com algumas passadas dadas, sempre com a preocupação de arregimentar meios e forças para ‘cruzar caminhos’, num projeto que não aceita ‘marcha à ré’, até mesmo pelo impulso recebido que nos permite ânimo para seguir em frente, numa caminhada em que o combustível inicial rima com propósito, perseverança, coragem, destemor e muita vontade de galgar ‘degraus à frente’, quando os frutos almejados possam, enfim, ser visualizados e digeridos, para justificar o empenho exigido por qualquer iniciativa – mas é certo dizer que, parte deles, já enxergo.

Não tenho dúvidas de que parte desse empenho vem de professores, familiares, amigos, admiradores, internautas, incentivadores, colegas da advocacia, enfim, de todos aqueles que, de qualquer modo, atuaram/atuam para que possamos dar mais uma ‘passada’.

Por conta da referida Coletânea, estou sendo convidado pelo Jornal Sem Fronteiras, para comparecer à cidade do Rio de Janeiro, nos dias 14 e 15 de junho próximo, para assinar o lançamento, no Brasil, da importante Obra, em cuja oportunidade outros coautores marcarão presença, para desfrutar, de forma mais intensa, de um resultado que, para muitos, incluindo a mim, claro, já é motivo de muita honra e satisfação.

O que nos deixa satisfeitos e alegres é saber que a fase do começo já está passando.

É bom registrar que o final da ‘largada’ ainda não está ao alcance dos olhos.

Mas é esse dado, entretanto, que nos obriga ao caminho do necessário agradecimento – o que inclui, logicamente a nossa querida Paulo Ramos, que, seguramente e por força do destino, terá seu nome sempre atracado às andanças que já fiz e àquelas que, certamente, tiver de fazer, por este ‘mundão’, por meio da arte literária.

Como as redes sociais imprimem rapidez a tudo, quero agradecer às várias homenagens já recebidas, nesta manhã, no ‘face’, pela obra, apesar de tê-la divulgado há menos de 2 horas.

Obrigado!

sexta-feira, 26 de maio de 2017

MICHEL TEMER E SUA DECLARAÇÃO 'DUVIDOSA'.....

Temer: falta esclarecer a declaração. 


MICHEL TEMER E SUA DECLARAÇÃO ‘DUVIDOSA’...

Em meio à crise que o País atravessa, o Presidente Michel Temer fez, nesta quinta-feira, 25, um pronunciamento dos mais ‘importantes’... segundo Michel, “o Brasil não parou e não vai parar”. Foi isso mesmo que Temer falou. Pegou todo mundo de 'surpresa!!'

Resta saber, então, qual o Brasil que Temer se referiu, quando falava isso. Até agora tem gente esperando o Presidente esclarecer, melhor, a sua declaração.

Tem gente que duvida que ele jamais vai conseguir tal proeza.

quinta-feira, 25 de maio de 2017

PREFEITURA DE PAULO RAMOS FAZ AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE O PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO.





PREFEITURA DE PAULO RAMOS FAZ AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE O PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO.

Nesta quarta-feira, 24, a Prefeitura de Paulo Ramos/MA, fez audiência pública, no salão da Igreja A Assembleia de Deus, na Rua 7 de Setembro, Centro, para tratar do PMSB – Plano Municipal de Saneamento Básico.

A audiência pública contou com a participação de várias autoridades do Município, incluindo, claro, o Prefeito Deusimar Serra, das Pastas do Meio Ambiente (Antonio Ivaldo e Verton Andrade), Obras (Chico Quincas), Esportes (Anderson Dantas), Trânsito (Caio Fialho), Educação (Raimundo Almeida), Saúde (Juraci Mesquita); integrantes da Vigilância Sanitária, Setor de Engenharia (Lyssuel Calvet), Ascom (Vilma Paca e Samuel Ramos), de Igrejas – Batista e a própria Assembleia de Deus, e pessoas da comunidade em geral.

A audiência pública é uma imposição legal, para que os Municípios possam discutir sua política, envolvendo abastecimento de água potável, esgotamento sanitário, manejo de resíduos sólidos (lixo) e drenagem e manejo das águas pluviais urbanas, em decorrência da Lei 11.445/2007.

Aliás, de acordo essa legislação, os Municípios que não implementarem o Plano Municipal de Saneamento (PMSB) poderão até mesmo sofrer penalidades, como, por exemplo, ficar sem receber algumas transferências financeiras que envolvam recursos federais voltados para a área de saneamento básico.

A Audiência Pública também pôde contar com a participação de vereadores, como Francisco Santana (Presidente da Câmara Municipal), Fladilson Paca, Franceilson e Corina Vieira, os quais, inclusive, fizeram parte de oficinas compostas também por alguns servidores públicos (grupos de pessoas para discussão de temas sobre o assunto). Também se fez presente à Audiência o assessor jurídico do Município, Alex Barroso, que, na ocasião, integrou uma das oficinas de discussão de temas.

Os estudos do Plano Municipal de Saneamento Básico de Paulo Ramos ontem, têm a participação da Universidade Federal Fluminense, a qual também está coordenando os trabalhos em outros Municípios do Maranhão.

O Plano será usado como instrumento da Gestão.

MICHEL TEMER DÁ MARCHA À RÉ..... MAS DIZ QUE A "ORDEM, A TRANQUILIDADE E O RESPEITO" VOLTARAM.

Michel Temer: deu marcha à ré..

MICHEL TEMER DÁ MARCHA À RÉ.... MAS DIZ QUE A ‘ORDEM, A TRANQUILIDADE E O RESPEITO’ VOLTARAM.

Pois é.... Tem hora que a inteligência manda que alguém não faça nada; mas, às vezes, o “sábio” não procura entender esse importante aviso. É o caso do Presidente da República, Michel Temer, que invocou a prerrogativa de chamar as Forças Armadas para as ruas e, diante da repercussão negativa do ato antidemocrático, deu marcha à ré, até não querer mais.

A tal de GLO – Garantia da Lei e da Ordem, virou picolé, menos de 24 horas de sua tresloucada edição – supostamente por exigência dos movimentos de Brasília, com os protestos contra a permanência do próprio Michel, no Poder.

Agora, vem o Ministro da Defesa, Raul Jungmann, com a desculpa, esfarrapada, de que o Presidente Temer, “... considerando que foi restaurada a ordem, tranquilidade, respeito à vida e ao patrimônio público, decretou a suspensão da Garantia da Lei e da Ordem...”.

A restauração veio mesmo de setores da sociedade, inclusive de ministros do STF, sobre a doida ideia de Temer de editar a GLO, num momento em que ele deveria, quem sabe, acalmar a população, agendando o dia e a hora para a sua despedida do Palácio da Alvorada, incluindo o Jaburu, para evitar que Joesley Batista tornasse a incomodá-lo.

Remendar fica pior... Michel Temer, com seus conhecimentos de constitucionalista, deu uma derrapada para sujar as páginas dos futuros livros de história. Se tivesse sido honesto, ao reconhecer o erro praticado, teria ganhado ponto. Mas, infelizmente, perdeu mais alguns....

A situação vai ficando cada dia mais difícil.

Quando será mesmo que Michel Temer vai dar uma de sábio?

Pelo menos ele já revogou o tal de Decreto da GLO. Ah, bom!!

quarta-feira, 24 de maio de 2017

EX-PREFEITO DE IMPERATRIZ É CONDENADO PELA PRÁTICA DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA... FICARÁ INELEGÍVEL.


MADEIRA NELE! O EX-PREFEITO DE IMPERATRIZ, SEBASTIÃO MADEIRA, É CONDENADO POR IMPROBIDADE E TEM SEUS DIREITOS POLÍTICOS SUSPENSOS.

A Justiça alcança Madeira, ou melhor, o ex-prefeito de Imperatriz/MA, Sebastião Madeira, uma conhecida liderança política da Região Tocantina, no Sul do Estado. 

O imbróglio que pôs Madeira na mira da Justiça refere-se à velha licitação, que o Ministério Público Estadual diz, com todas as letras, que houve a sempre decantada fraude, burlando, assim, os objetivos da Lei de regência.

O ex-prefeito Sebastião Madeira é acusado de criar motivação de ‘fachada’ para justificar dispensa de licitação, envolvendo a Empresa de Limpeza Limp Forte Engenharia – que também foi condenada na ação. O MPE diz que o ex-gestor faltou com os deveres de lealdade, honestidade e imparcialidade, dentre outros.

O conjunto probatório (provas) levou a magistrada Ana Lucrécia Bezerra, da Vara da Fazenda Pública de Imperatriz a julgar procedente a ação de improbidade administrativa, a qual compeliu Sebastião Madeira a pagar multa civil, no importe de 10 vezes sua remuneração, no período, além de suspender seus direitos políticos por cinco anos – o que torna Sebastião, que também é ex-deputado Federal, inelegível.

A sentença da magistrada foi confirmada pelo Tribunal de Justiça do Maranhão, uma vez que, perante a 2ª. Câmara Cível, os desembargadores entenderam que houve lesão ao Erário, por meio dos atos administrativos mencionados na ação, apesar de argumentos da defesa no sentido contrário.

O ex-prefeito Sebastião Madeira tem prazo para recorrer da decisão.

terça-feira, 23 de maio de 2017

CÂMARA MUNICIPAL DE PAULO RAMOS DIZ "NÃO" A 'PACOTAÇO' DO PREFEITO DEUSIMAR SERRA/PCdoB.

imagem ilustrativa.

CÂMARA MUNICIPAL DE PAULO RAMOS RECUSA ‘PACOTE DE BONDADES’ DO PREFEITO: HOUVE QUASE A UNANIMIDADE DO PLENÁRIO!

A recusa do Projeto de Lei, ontem, que visava dar ao Prefeito Deusimar Serra/PCdoB, autorização para contratar quase 400 pessoas, das mais variadas categorias, se por um lado, mostrou respeito, por outro permitiu que o Poder Legislativo recuperasse seu verdadeiro valor, ao passar um recado de que, ali, a Câmara não está funcionando como uma espécie de ‘quintal do Executivo’ – para endossar os ‘pacotes’ que ele entender ‘viáveis’, de acordo a sua ‘conveniência’ momentânea.

A reação da Câmara Municipal começou bem, pelo fato de que a matéria a ser discutida, nem mesmo foi colocada em votação – estava ainda nas Comissões; a proposição apenas serviu de munição para questionamentos os mais variados – dentro e fora da Câmara....

A atuação dos representantes do Povo, na Câmara de Paulo Ramos, pode-se dizer, foi histórica e pedagógica, tanto pelo acontecimento como pelo tipo de resposta dada, numa hora em que a recusa pode servir, grandemente, ao atual Gestor, Deusimar Serra, que, pelo visto, ainda não se despiu da arrogância que alguns mandatários carregam, a partir da hora em que assumem o cargo e sentam naquela ‘cadeira’ que empolga muita gente, até no caso de uma pessoa que não é leiga no assunto, posto que Deusimar Serra, como muitos sabem, já passou ‘por lá’, ou seja, em tese (eu disse, em tese) tem experiência de sobra – ou deveria tê-la. Infelizmente, os prováveis interessados da proposta legislativa podem não compreender o resultado advindo ontem, da Câmara Municipal – o que é uma pena, pois a resposta dos Parlamentares foi mais do que correta, lógica e racional. Foi um gesto para evitar que o Parlamento iniciasse a semana apequenado.

Na verdade, o comunista Deusimar Serra deveria repensar a sua forma de atuar, para aproveitar bem o seu mandato e, como ele mesmo já divulgou, fazer a “coisa certa”.... Deusimar deveria ter humildade, inclusive com o Parlamento, até porque erros ou equívocos acontecem em qualquer Governo. E quando eles ocorrem, não há outro caminho a trilhar, a não ser o de buscar a correção daquilo que quase 100% da Câmara Municipal enxergou mal. Tal foi a claridade dos defeitos do Projeto de Lei citado, que até os vereadores novos em questões legislativas (e mais afoitos) não tiveram coragem de defendê-lo – uma providência que os colocaria em situação vexatória, a lembrar daquele apelido tão negativo: o “vereador labigó”.

Não é só! Quando alguns vereadores falavam do Projeto, em Plenário, alguns presentes não conseguiram segurar o riso, já que algumas proposições ganharam o mundo do cômico. Afinal, como justificar um veterinário num Posto de Saúde de um bairro? Tal impropriedade pode ter sido produto, mais da falta de cuidado e/ou pressa do que, propriamente, da ausência de competência de integrantes da Máquina. Mas o fato é que esse particular soou cômico, hilário, causando, com isso, gargalhadas na plateia, ali presente.

Ao menos nesse ponto, diga-se, da contratação de um veterinário, o Projeto de Lei do “Seletivo” do Prefeito de Paulo Ramos foi bom, foi vantajoso, já que, num dia de segunda-feira, é ruim que as pessoas fiquem sisudas, enfrenando o começo da semana de ‘cara amarrada’, como alguns fazem, por motivos variados.

O detalhe sobre algumas pessoas estarem apoiando o Projeto, pelo fato de que a Prefeitura vai gerar empregos, são ‘outros quinhentos’, uma coisa, que, logicamente, não se confunde com o restante dos problemas evidenciados pela matéria, notadamente o fato de a referida Proposição não especificar o tamanho exato (ou mesmo aproximado), da despesa que o Gestor entende dever suportar, nos meses seguintes. Esse, convenhamos, também é outro aspecto, talvez o de maior relevância a envolver o assunto em questão. Faço-lhe uma indagação: como aumentar, numa época dessas, o gasto com pessoal, na ordem de R$ 7 ou 8 milhões anuais? E se houver prejuízo para investimentos outros?   

É um assunto meio delicado... às vezes, o coração pode ser apressado para enfrentar o problema. Mas é bom usar o racional e o lógico, para que, depois, ninguém tenha o direito de reclamar.

Afinal, tudo tem sua hora. Se a dor é agora, de nada adianta o paciente reclamar somente amanhã!

Cada coisa no seu devido tempo e lugar!! Pelo menos, essa é a lógica!

CÂMARA MUNICIPAL DE PAULO RAMOS FAZ SESSÃO EXTRAORDINÁRIA, MAS PROJETO DE LEI DO "SELETIVO" NÃO ENTRA NA PAUTA...

Plenário...

.... da Câmara Municipal

populares..

CÂMARA MUNICIPAL DE PAULO RAMOS FAZ SESSÃO EXTRAORDINÁRIA, MAS PROJETO DE LEI DO ‘SELETIVO’ NÃO ENTRA NA PAUTA...

Não há dúvida de que a Sessão da Câmara Municipal de Paulo Ramos, na tarde desta segunda-feira, 22, criou expectativa grande em muitos de nossos irmãos paulorramenses, por razões de sobra....

A matéria a ser analisada em Plenário tinha apoio de alguns, mas enfrentava a recusa de outros... trata-se de um Projeto de Lei que autoriza o Prefeito a contratar 355 servidores, para várias áreas da Administração Municipal. Mas não chegou, sequer, a ir a Plenário, ante o rol de incongruências, para usar um termo educado, para falar dos defeitos do Projeto. Era tanto defeito que os vereadores da situação tiveram pouquíssimas forças para defender o chamado ‘pacote de bondades’ do Prefeito Deusimar Serra.

A matéria, não resta dúvida, é muito sensível, pois envolve a oportunidade de alguns ganharem um emprego e, consequentemente, uma renda mensal. Mas a maioria esmagadora dos 10 vereadores presentes demonstrou que a proposição, do jeito que chegou, não poderia convencer ninguém a votar... aliás, não convenceu nem mesmo aqueles edis pertencentes à base de sustentação do Governo. Os argumentos de alguns vereadores foram tantos que a própria ‘situação ficou sem um pingo de forças para seguir no caminho da aprovação, tanto que o Projeto de Lei (como definido em reunião fechada, antes da Sessão começar), nem mesmo chegou a ser incluído na pauta.

Havia muitas impropriedades no Projeto, dentre as quais aquela que visa à contratação de um profissional veterinário, vinculada a um posto de saúde de um bairro da cidade – previsão que fez o Vereador Edvaldo Bigode chamar a atenção de seus pares. Se fosse veterinário para tratar de zoonoses ou coisa parecida, matadouro, ainda se poderia admitir, mas....

O Projeto de Lei, por isso, retornará ao Poder Executivo, para receber as adequações devidas e necessárias, como, por exemplo, trazer o montante aproximado do volume financeiro envolvido com as objetivadas contratações, para que a Câmara Municipal possa ter uma noção dos impactos financeiros que advirão, em caso de aprovação da matéria.

No final, e também por coerência, até o Presidente da Mesa Diretora da Câmara, Francisco Santana, reconheceu a existência de problemas na matéria. 

Agora é esperar o que vem depois....

segunda-feira, 22 de maio de 2017

PREFEITO DE PAULO RAMOS ENVIA PARA A CÂMARA MUNICIPAL UM 'PACOTE DE BONDADES': ELE DIZ QUE É UM "SELETIVO" PARA CONTRATAR.

Projeto de Lei ....


sobre o "Seletivo" para contratar servidores..

CÂMARA MUNICIPAL DE PAULO RAMOS ANALISA O “TREM-DA-ALEGRIA” ENVIADO PELO PREFEITO DO PCdoB.... OFICIALMENTE É UM “SELETIVO”.

Se alguém falar que é um dos maiores, é melhor corrigir, logo: o Projeto de Lei enviado à Câmara Municipal de Paulo Ramos, que visa fazer um ‘Seletivo’, para contratar servidores, de longe, já pode ser considerado a maior proposta de todos os tempos, para agraciar eleitores, cuja promessa precisa ser cumprida a qualquer custo... aliás, à custa do bolso do velho contribuinte – aquele que paga seus impostos, religiosamente em dia.

O “Trem da Alegria”, ou melhor, o Projeto de Lei, enviado pelo Prefeito Deusimar Serra ao Poder Legislativo, visa agraciar, acredite!, 355 futuros servidores, das mais variadas ‘categorias’. São pessoas honestas, de boas intenções, sem culpa pela proposta do Gestor, pois estão querendo apenas uma colocação, para garantir uma renda. Esse é um ponto importante da questão, mas não se confunde com o restante da ‘equação’ nascida no âmbito do Poder Executivo, com vínculo ainda com o período eleitoral de 2016.

Recebido na Sessão de sexta-feira, 19, o Projeto de Lei será, obrigatoriamente, analisado pelas Comissões da Casa – apesar de o Presidente Santana ter feito ‘grande esforço’ para levá-lo à votação no mesmo dia em que os vereadores tiveram conhecimento da matéria – um tipo de tática que só combina para uma Câmara composta de parlamentares tontos, sem compromissos com as responsabilidades que assumiram, quando tomaram posse, no primeiro dia do ano.

O incrível, para começar, é que o Projeto de Lei, se aprovado, vai causar um impacto tremendo, nas contas do Município – algo superior a R$ 600 mil mensais, o que equivale a, aproximadamente, R$ 6 ou 7 milhões anuais. É uma dinheirama!!

A proposta perversa vem logo num momento de dificuldades econômicas, já que o próprio Prefeito Deusimar Serra, meses antes, alegou que a folha de pessoal da Administração já está alta, quase impagável. Isso foi dito também em reunião na Promotoria de Justiça, com letras garrafais. Ou seja, a folha de servidores do Município já tem uma conta salgada e, portanto, seria difícil falar em aumentá-la, do ponto de vista orçamentário.

E se aumentar a despesa com pessoal, como o Município vai cumprir os encargos legais? E os encargos previdenciários? Pois é...
Este fato exige uma indagação: Deusimar Serra, honestamente, está querendo, mesmo, que a Lei do “Seletivo” seja aprovada ou está apenas querendo que a culpa fique com os vereadores?

Mais. Seria, então, uma forma de transferir o “ônus” ao Poder Legislativo, ficando ‘de bem’ com os eleitores que tiveram a promessa de um emprego, no decorrer da campanha eleitoral de 2016? É isso, mesmo?   

O certo é que o “Trem-da-Alegria”, travestido de Projeto de Lei, é um daqueles ‘presentes-de-grego’... é preciso muita cautela dos vereadores, inclusive para explicar à opinião pública o verdadeiro objetivo do ‘plano’: o pagamento de uma promessa, de natureza eleitoral, impondo impacto às contas da Municipalidade, que, passando na Câmara, teria força para trazer um complicativo para o restante da Máquina Administrativa, por meses seguidos e, quem sabe, por anos.

Se o colapso administrativo já estava a caminho, o “Seletivo” de Deusimar Serra é a maneira de registrar em cartório uma desgraça com um apelido bonito. Por que não fazer um seletivo de apenas 6 meses, seguido de um concurso público?

É preciso trabalhar com muito ‘jeito’, muita honestidade e transparência, pois os efeitos colaterais do ‘remédio’ não são poucos.

É sobre esse aspecto que a sociedade Paulorramense deverá se debruçar, para analisar até onde vai o grau de honestidade e responsabilidade do Gestor Municipal.

Afinal, a conta é salgada. E é certo que ela vem para todos! Reclamar depois do ‘leite derramado’, terá pouco sentido!

Em tempo: na data de ontem, domingo, tivemos a comprovação de que alguns vereadores receberam ofício, para uma Sessão Extraordinária, visando à análise do Projeto do tal “Seletivo”. A Sessão está prevista para esta segunda-feira, às 5 da tarde, a menos que haja uma mudança nos planos da Mesa Diretora da Câmara.

domingo, 21 de maio de 2017

TORNEIO DE SOCIETY EM PAULO RAMOS ENCERRA... FOI NA CHÁCARA "SÃO JOSÉ".

Cassiano de Freitas vence o Torneio...

Duelo...

Torcedores e atletas, dentre os quais, o advogado e escritor Alex Barroso (mãos nos bolsos) 

torcedores ...

prestigiam o esporte.

TORNEIO DE SOCIETY MUNICIPAL EM PAULO RAMOS ENCERRA - NA CHÁCARA ‘SÃO JOSÉ’

Acabou, neste domingo, 21, pela manhã, o 1º. Torneio Soçaite/2017-Categoria Mista, em Paulo Ramos, cujo duelo final ficou por conta de duas potências: Paulo Ramos e Cassiano de Freitas (zona rural).

Até a primeira parte do jogo, a disputa estava, digamos assim, meio tendente a favorecer a equipe de Paulo Ramos, sob o comando de “Zico”, Raimundo “BB”, Antonio Dantas, Adriano & Cia, inclusive com um início de partida em que Paulo Ramos abriu o placar, com gol de “Zico”.

Mas, só deu tempo começar a segunda parte do duelo ... Cassiano de Freitas (mistura de atletas de lá com Bacaba e Pedro Lourenço), chegou a reagir, com raça, empatando e virando o jogo, graças à movimentação do ‘Cartejane’ e outros. Mas Cartejane, ‘endiabrado’, ‘deu as cartas’, fazendo 2 gols e ajudando a equipe a levar o placar até o último segundo, quando, enfim, o árbitro da partida, Maílson Paca, decretou o final da disputa.

Cassiano de Freitas, com mais um gol de Manoel, venceu por 3 X 1.

A tristeza dos jogadores de Paulo Ramos foi tamanha que, daqui para o fim da semana que vem, o relógio vai demorar para dizer o motivo pelo qual a equipe ‘favorita’ – Paulo Ramos, deixou ser ‘engolida’ por uma equipe, simples, vinda do interior, onde alguns jogadores, às vezes, dão o sangue, para buscar um troféu, ainda que seja bem simples. Por conta da cor do uniforme, a Equipe de Cassiano de Freitas é apelidada de “Barcelona”.

Aplica-se aqui aquela velha máxima futebolística: futebol se ganha dentro das ‘quatro linhas’. Nunca um ditado popular foi tão preciso!

A organização do Evento ficou a cargo de Louro do ‘Zé Idê’, Bia e outros incentivadores do Esporte em Paulo Ramos.

Todas as partidas foram realizadas na Chácara “São José”, de propriedade do advogado Alex Barroso, sem qualquer custo financeiro para o uso do referido imóvel.