domingo, 31 de julho de 2016

RIO GRAJAÚ E A HOMENAGEM PARA O FIM DO FESTIVAL DO "PEIXE DURO": "ÁGUAS FERIDAS", DE JOSÉ ALEX BARROSO.

Rio Grajáu - Paulo Ramos.

Rio Grajaú - Vitorino Freire/Altamira: a diferença é que, agora, tem uma Ponte de concreto.

“ÁGUAS FERIDAS”: POEMA EM HOMENAGEM AO RIO GRAJAÚ, PELA SOLIDÃO QUE O DEIXA NA ‘MÃO’ DE MUITOS AGRESSORES.

Neste DOMINGO, dia do encerramento do Festival do “Peixe Duro”, faço uma homenagem, para surtir como ponto de partida para uma reflexão.

Não precisa chamar os fazendeiros, os tiradores de areia e nem os brincantes do “Festival”. Também não é preciso chamar o Ibama, nem os prefeitos e muito menos os vereadores e os suplentes destes, nos Municípios banhados pelo importante Rio, como Paulo Ramos, Vitorino/Altamira, Marajá do Sena, Lago da Pedra e outros. Basta chamar os ribeirinhos e indagar-lhes:

“como tem sido as suas vidas, sem peixe?”

“Como farão de suas vidas, sem o que comer?”

“Como farão de suas vidas, sem a quem recorrer?”

“Como farão para enfrentar um dilema tão impensável, de morar na beira de um rio, tão importante para a bacia hidrográfica do Estado e das Regiões Norte e Nordeste, sem poder lançar mão de sua principal riqueza?”

Como? Como? ????????????????????????

Vamos ao “Águas Feridas”:

Ó, grajaú, meu Rei
Tu que fostes tão bravo
Tu que crescestes em fartura
Hoje, amargura, vegeta, enfrenta agruras.

Ó, meu lindo aguaceiro
Fostes lindo, fostes belo
Ontem, farto
Hoje, singelo.

Ó, meu gigante adormecido
Navega no esquecimento
Sem tua ‘bússola’, trafega sem condutores
Ao relento
Sem qualquer dos esplendores.

Ó, meu grajaú
Nesta ‘glória’, ao relento
O sofrer te faz solitário
Nem mais sol, nem mais vento.

Ó, meu canal, repositório de passagens
Belas vidas do passado
Sem mais sonhos a encontrar
Um sofrimento atroz, não há mais pressa de chegar.

Um grajaú pra viver
Um grajaú pra ter
Um grajaú pra ver
Um grajaú pra ser
Tudo isso já não me faz qualquer sentido.

"Águas Feridas", de José Alex Barroso.


sábado, 30 de julho de 2016

EX-PREFEITOS DE MARAJÁ DO SENA, PERACHI E LUÍS ABREU: DISTANTES, ATÉ SEGUNDA ORDEM!

Foto da Convenção: Lindomar Araújo e Perachi Roberto, abraçados.


LUÍS ABREU E PERACHI ROBERTO EM ‘MESAS’ SEPARADAS.


Luís Abreu e Perachi Roberto, ex-prefeitos de Marajá do Sena, ainda não vão fumar o ‘cachimbo da paz’ nestas eleições. Trégua adiada! Adiada pra diante. Adiada pra diante, aí é brincadeira, viu!

Quem achava que haveria uma reconciliação, também tinha 100% de certeza de que os dois ex-gestores municipais iam sim, ficar em lados opostos.

A ‘senha’ foi a união do atual prefeito Edivan Costa, com o grupo de Luís Abreu – que deseja fazer de sua mulher, Tetê, a próxima mandatária, para espancar parte da pobreza que ninguém conseguiu eliminar até agora. O nome de “Tetê” deverá ser homologado em Convenção, neste sábado, lá pelas 5 da tarde, quando a festa segue para animar os eleitores.

Perachi, que suspendeu qualquer tipo de relação com seu primo Luís Abreu e vice-versa, há mais de uma década, agora entendeu de ir para os braços de Lindomar Araújo, atual vice e também candidato ao cargo majoritário.

É provável que o afastamento entre os dois personagens – Perachi e Abreu, seja ‘estimulado’ a continuar por mais uma boa temporada.

Em política, quando dá empate, ainda sim tem um lado que é obrigado a suportar a derrota.

Como ninguém tem bola de cristal (por isso é que é bom), só há um caminho: esperar a abertura das urnas.

A pobreza de Marajá do Sena, com certeza, não vai acabar, com a vinda do futuro prefeito. Mas ela, a pobreza, pede que qualquer deles que venha a se eleger, faça o possível para que a miséria de Marajá não aumente de tamanho.

Para o bem geral de todo o povo – homens, mulheres e as criancinhas.

RICARDO BERZOINI E A PROPINA DE 1% DE TUDO: OBRAS DO PRESENTE, DO FUTURO E ATÉ DO PASSADO. É MOLE OU QUER MAIS?

Ricardo Berzoini: 1% de propina fica tudo beleza!

“REPÚBLICA DO ACHAQUE.... E DA PROPINA”. ONDE ELA TEVE ORIGEM? EIS A QUESTÃO!!

O Brasil, se brincar, deverá dar aulas para outros países, sobre como implantar e incrementar um sistema rígido, calcado na arte de arrecadar propina, pela via do achaque.

Essa conclusão é sugerida pela narrativa, feita por um executivo da Andrade Gutierrez, Otávio Azevedo, contando as peripécias que enfrentou, em face da esfomeada máquina do PT, de achacar, para arrancar propina, na base do CQC – Custe o Que Custar. Azevedo disse que o representante-mor da ‘façanha’ era Ricardo Berzoini, então presidente do Partido, e por essa razão, bastante incisivo nas ‘exigências’ – aliás, como é próprio dos ‘bons cobradores’, quando se trata de ilicitudes.

A propina requisitada, em 2008, por Berzoini deveria incidir sobre “todos os projetos federais que a Andrade estaria executando e que já tinha executado de 2003 [quando Lula assumiu seu primeiro mandato] para a frente”, contou Otávio Azevedo ao juiz da Lava Jato. “Ou seja, projetos inclusive já terminados. E também dos projetos futuros. Eu realmente estranhei demais a colocação. […] Fiquei bastante constrangido pelo pedido de 1% de contribuição. Essa reunião foi […] extremamente desagradável. Foi uma reunião dura.” Este específico trecho foi mencionado pelo jornalista Josias de Souza, ontem, em seu Blog.

A conclusão a que se chega é a de que, seguramente, estamos, há muito, vivendo sob uma “República da Corrupção”, de fato, em que os ‘negócios públicos’, ironicamente, revelaram-se mais do que escusos, já que eram (e ainda são) arquitetados na ‘calada da noite’ e também no ‘romper do dia’, fazendo aumentar o peso dos impostos que o trabalhador tem que pagar para garantir o bom funcionamento da Máquina.

O roubo já está esclarecido, por todos os ângulos e meios possíveis. Este ponto está, deveras, incontroverso. Fato incontroverso é fato provado e ponto final. Não se fala mais dele.

Tarefa difícil, porém, é retroagir, para saber onde tudo começou. Assim como o direito à paternidade não caduca, nós haveremos de lutar, dias e noites, para saber o exato momento onde tudo começou, onde foi o início da ‘armação’ para sangrar as nossas riquezas. Depois, queremos saber o motivo de os delinquentes da ‘coisa pública’ atuarem com tanta sede, destemor e ousadia.

Haja perversidade!

FESTIVAL DO "PEIXE DURO" CHEGA AO FIM & E COMO LULA DIVIDE 51 POR DOIS: DOSE DUPLA DE HUMOR PARA COMEÇAR O SÁBADO.


Imagens ilustrativas.

É UmMô+Eu, por Alex Barroso, o desbravador da ‘ordem’ (cronista e dublê de escritor).

Humor em dose dupla, para começar o dia, que promete ser bom, especialmente para quem tem pouca dívida. Infelizmente, não estou nesse grupo. Estou pensando, inclusive, em chamar meus credores e pedir ‘parcelamento’ de meus débitos: dividir tudo em 180 meses. Prometo que não atraso!


HOJE É SÁBADO, AMANHÃ É DOMINGO E DEPOIS É SEGUNDA (nada mais lógico).


Pois é... já estou preocupado com a situação da natureza paulorramense: na segunda-feira, sei que os peixes do Rio Grajaú vão fazer greve contra a Prefeitura de Paulo Ramos. É que na segunda-feira, tudo indica que vão sentir falta do barulho excessivo, no volume de 500 decibéis que a Administração Municipal decretou como condição para usar carro no Festival do “Galo Duro”.

Só podia entrar se fosse com uma “PARAINFERNÁLIA” com potencial de volume de, no mínimo, 500 decibéis. Podia ser mais, não podia ser menos nenhum ‘cabelo’ de zoada. Melhor escrever assim: “zuada”. Se é para esculhambar, vou dar minha pequena contribuição.

É importante dizer, senhores internautas, que 500 decibéis (mede a intensidade do som/barulho) são suficientes para deixar uma pessoa surda, doente e, dependendo da situação, doida, em poucos minutos. Traz danos e danos. Danos, de danificar, danificar até o talo, para ser mais ‘claro e evidente’.

Resultado: muitos peixes morreram, se ‘foram’, por conta do Festival do “Peixe Duro”. Cardumes e cardumes já foram vistos boiando, na maior das ofensas ao meio ambiente. É ofensa pra ninguém botar defeito. Para calcular os prejuízos, só chamando uma empresa do exterior. As daqui são suspeitas.

Agora, isto é, a partir de segunda, os peixes que ficaram ‘pra contar estória’, decidiram, em ‘assembleia geral ordinária e desgraçada’, que farão greve, durante uma semana. Os peixinhos admitiram, inclusive, que já sabem, de antemão, que a Administração ou qualquer órgão ambiental não lhes dará ouvido. Mas os peixes decidiram, enfim, que farão a sua parte.   

Resolvida a greve dos peixes, eles só não querem é que, na hora “H”, apareça um fiscal da Prefeitura ou do Estado para travar o ‘movimento’. Eles também não desejam é que o Poder Público imponha-lhes qualquer multa da espécie e também não leve a Polícia para ameaçá-los de ‘prisão’.

Afinal de contas, os peixinhos querem apenas avisar à sociedade sobre a quantidade de cardume que restou, ou seja, os que se salvaram, depois do ‘grande impacto’.

É..... pelo visto, a natureza tem muito a ajudar. Até nas horas em que organiza uma ‘greve’, a intenção é apenas trazer benefícios a todos nós.

Obrigado, seus peixinhos! Sejam felizes para sempre! Aliás, sejam felizes até que o barulho assim permita.

#GreveDosPeixesJá#


LULA E A DIVISÃO DE 51 POR DOIS. COMO ASSIM?

Dizem que o professor de matemática perguntou pro Lula: “Quanto é 51 dividido por dois?”
“Meio litro para cada um.”

(José Simão, A Esculhambação Geral da República, Editora Nova Fronteira, 2011, Rio de Janeiro).

Lula está em dúvida na resposta?


sexta-feira, 29 de julho de 2016

MATO GROSSO; RIQUEZA TRANSPORTADA EM ESTRADAS RUINS, COM PONTES DE MADEIRA... E DE TORAS.

Estradas de Mato Grosso...


.... parecidas com as nossas, do Maranhão: pontes de madeira e até de 'toras'.

UM ‘PASSEIO’ PELAS ESTRADAS DE MATO GROSSO: LÁ TAMBÉM TEM PONTES DE MADEIRA E DE TORAS... ESSA ABERRAÇÃO DO ATRASO.

Fonte: Site/Congressoemfoco.

O Blog publica, agora, o retrato de um inconcebível atraso, num Estado rico, da Federação, o Mato Grosso, com estradas em situação precária: ali existem mais de 2.100 pontes de madeira. Você acredita? Nem todas são desse ‘calibre’, como nas fotos. Mas algumas são assim mesmo: não houve direcionamento e/ou maquiagem; é a dura realidade, que impressiona, como o gerenciamento do Estado e da coisa pública encontra-se nesse estágio: de vergonha pura; de abandono.

Estas ‘feiosidades’, chamadas pontes de madeira e até de ‘toras’, fazem parte da MT-322, nas proximidades dos Municípios de Matupá e Alô Brasil (antiga BR-080 feita pela Ditadura Militar, naquele projeto transamazônico).

O mais curioso é que nessas estradas corre muita riqueza, diariamente, por meio de dezenas de centenas de veículos grandes e pesados. E todos os dias, também, a penitência dos motoristas é uma realidade viva. Só resta lamentar, pelo caos, pelo descaso, com pouca e muita explicação: a omissão estatal, por conta da incompetência e, em boa parte das vezes, da corrupção que leva os recursos públicos pra bem ‘longe’ de seu destino ideal. 

Ah, lembrei-me: falar em recursos, o Governo de Mato Grosso, informa que está aguardando uma verba de R$ 500 milhões do Governo Federal, para construir pontes de concreto em algumas regiões do Estado. Sabe quantas? O Governo informa que são 23. Isso mesmo, apenas 23. É somente um quase-paliativo. Quando tais pontes forem feitas, será que alguém vai notar? Bem.....

De volta ao Maranhão, meu Estado – que é também parte de um ‘cenário’ impiedoso, com relação à infraestrutura. E nem é preciso andar muito.

Fiquei preocupado com a nossa situação, com as pontes de madeira nas estradas maranhenses, as chamadas MA’s. Exemplo de Vitorino-Paulo Ramos-Lago da Pedra e outras localidades, de cenários bem parecidos. Dá até para confundir.

Confrontando as pontes de madeira e também de ‘toras’ em Mato Grosso, alguns podem dizer: “vocês, maranhenses, estão é no lucro”. É mesmo? Tem certeza?

É.... se eu tivesse certeza disso, não teria feito essa postagem. Mas o encargo do ofício me obrigou a tanto.

Às vezes, as ‘escolhas’ são essas: mostrar um Brasil como ele realmente é. O resto, fica para depois.

Passe a vista; depois você me diz algo.

PAULO RAMOS CRIA SEU CONSELHO COMUNITÁRIO DE SEGURANÇA - CONSEG: PARCERIA ENTRE COMUNIDADE E POLÍCIAS PARA ENFRENTAMENTO DE PROBLEMAS.




Mesa com os gerentes dos bancos do Brasil e Bradesco, Sargento Silvestre e Arioston Soares, advogado (Prefeitura Municipal),  

CRIADO O CONSELHO COMUNITÁRIO DE SEGURANÇA – CONSEG, EM PAULO RAMOS.

Reunião, na tarde desta quarta-feira, 27, na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Paulo Ramos, garantiu a criação do Conselho Comunitário de Segurança – Conseg, uma estrutura que aproximará a Comunidade paulorramense das Polícias, como forma de melhor enfrentamento de problemas locais, nos aspectos de segurança, tranquilidade e insalubridade, com base no Artigo 144 da Constituição Federal.

Aliás, a criação do Conseg, em Paulo Ramos, foi a principal sugestão da Superintendência estadual do Banco do Brasil, para a reabertura da agência local, depois de ter ela sido explodida, por bandidos assaltantes, há mais de 9 meses, daí a paralisação de seus serviços, agora com previsão de normalização, tão logo a diretoria do Conselho, agora criado, seja homologada pela Secretaria de Segurança Pública e outros órgãos do Estado.

A ata de criação da diretoria do Conseg, nos próximos dias, será levada a São Luís, onde seus membros vão ter uma audiência com o Secretário de Segurança Pública, bem assim, com o Superintendente estadual do Banco do Brasil, para acelerar a reabertura da Agência local, beneficiando, assim, toda a comunidade em Paulo Ramos e Marajá do Sena, em especial o setor de comércio.

O Conseg terá, dentre outras, a missão de propor sugestões para melhorar a segurança da comunidade, num entrosamento que contará com a participação de vários agentes, como comerciantes, empresários, profissionais liberais, entidades/associações de classe e outros setores.

A diretoria do Conseg é composta de mais de 10 membros, incluindo mulheres, que vão se reunir, bimestralmente, para traçar prioridades, como, por exemplo, sugerir a instalação de monitoramento eletrônico em algumas partes da cidade, com o objetivo de inibir ocorrências criminosas.

Todos os membros da diretoria foram escolhidos por aclamação dos presentes à reunião, com mandato de dois anos.

A presidência do órgão ficou sob o comando do advogado José Alex Barroso. O vereador Edivaldo de Melo “bigode” comporá o Conselho, na condição de vice-presidente, sendo que a 1ª. secretaria será ocupada pelo servidor municipal Edivar Assunção Silveira. O Bancário Armando Dantas ocupará a função de tesoureiro.

A Diretoria do Conselho tem, ao todo, 18 membros, dos quais dois são considerados ‘natos’, provenientes das Polícias civil e militar.

A reunião de criação do Conseg contou com a presença de mais de 50 pessoas da comunidade, incluindo as Polícias Militar e Civil, representantes da Prefeitura, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, de Igrejas, empresários locais, bem assim, os gerentes dos Bancos do Brasil e Bradesco, respectivamente, Josephy Lauande e Alessandro Barbalho.

REFRIGERANTES: O PERIGO 'MORA AO LADO'. CUIDADO COM O LUCRO DAS INDÚSTRIAS!

Fotografia: ilustração sobre os perigos e os danos do 'refri'.


REFRIGERANTES: O PERIGO ‘MORA AO LADO’. É UMA QUESTÃO DE SAÚDE PÚBLICA. SAIBA DISSO!


A fotografia acima, parece remeter você ao mundo do ‘terrorismo’. Mas, não se preocupe: a coisa é quase parecida com isso, mesmo. É uma questão de honestidade. Mas há promessa de correção, no percurso, embora não seja tão fácil assim.

O produto da vez é aquele que gostamos, ‘demais da conta’.... recusá-lo, só se for ‘a partir de segunda ou de terça’, como alguns dizem, por conta daquela ‘sensação agradável’.

Os estudos sobre refrigerantes de cola – incluindo, claro, a própria Coca-Cola e a Pepsi-Cola, ironicamente, são o grande vilão, como se roubassem a cena do verdadeiro culpado: o próprio refrigerante, cujo conteúdo, já se comprovou, é bastante maléfico para a saúde. Ninguém ousa afirmar o contrário. Ninguém!! Nem as indústrias responsáveis por isso.

A bebida tem um alto teor de açúcar, o que faz do ‘refri’ um “réu” de primeira linha. Alguns tipos, é verdade, são menos agressivos e perigosos. Mas o perigo é um ingrediente inseparável desse produto. A obesidade que o diga. O ‘refri’, não se iluda, tem vários componentes, ou seja, substâncias, como cafeína, conservantes, acidulantes, gás e por aí vai...

Talvez, você não saiba, mas os índios, em algumas aldeias do País, passaram a ter algumas doenças, como o diabetes, quando começaram a beber refrigerante, daí o seu comprovado poder destrutivo.

Claro que ignorar essa bebida popular, por completo, talvez não seja a alternativa mais viável. Mas partir para ele, o tal de ‘refri’, como se ‘nada tivesse acontecido’, é querer correr risco... é dar de ombro para muitos malefícios e danos que ele provoca. A conclusão vem de estudos sérios, comprovando a conclusão de especialistas, como a nutricionista Andrezza Botelho, de São Paulo.

Não é uma questão fácil de resolver... eliminar o tal de ‘refri’ do dia-a-dia, não é tão simples assim. Depois, a indústria de bebidas tem as campanhas, que são ‘bem feitas’. Se for o caso, as campanhas publicitárias da indústria obrigam você a comprar o produto, e elas mesmas se encarregam de beber o líquido.

Lembra-se daquela campanha de uma famosa empresa, do passado, em que um ator, bonito, saia cavalgando com um cigarro na boca? Pois é.... aquele ator morreu de câncer, em decorrência do próprio cigarro. A coisa, como se vê, é séria, viu! É mais do que isso!

Deixemos o cigarro de mão... estamos falando de refrigerante.

Com o ‘refri’, você perde cálcio e outros nutrientes importantes para o organismo. Com o ‘refri’ em excesso, há danos para o fígado, por conta do acúmulo abusivo de gordura.

Por último, informo-lhe que os estudos comprovam que, bebendo-se uma latinha de 350 ml de Coca-Cola, por exemplo, é como se você estivesse colocando na boca 10 colheres de açúcar, dessas pequenas. É açúcar suficiente para um dia inteiro.

Refrigerante é tudo isso e um pouco mais.

Faça o seguinte: olhe bem para a fotografia acima. Ela é muito sugestiva.

Tenho certeza de que você não vai me contrariar. Mas se quiser, que o faça; mas por sua conta e risco.

quinta-feira, 28 de julho de 2016

DILMA ROUSSEFF ENTREGA SUAS ALEGAÇÕES FINAIS NESTA QUINTA: JULGAMENTO FICA PARA O DIA 9 DE AGOSTO.

Dilma Rousseff e Michel Temer: decisão do Senado vai decidir o 'destino' dos dois.

DILMA ROUSSEFF ENTREGA AS ALEGAÇÕES FINAIS NO IMPEACHMENT: PRAZO TERMINA ÀS 18:30 HORAS DESTA QUINTA.

Chega ao fim, nesta quinta-feira, o prazo para Dilma Rousseff entregar, por meio de seus advogados, suas alegações finais no processo de Impeachment – que objetiva afastá-la, de vez, de suas funções, junto à Presidência da República.

Aliás, essa probabilidade, se não aumentou, também não diminuiu. As chances, assim, de Dilma Rousseff conseguir uma reviravolta, são pequenas, e ela mesma tem deixado transbordar essa triste conclusão.

Após a entrega da defesa, o Relatório será feito e lido, lá pelo dia 4 de agosto, ainda sob o comando do Relator, Antonio Anastasia, do PSDB.

A previsão é de que o Impeachment seja analisado pelo Plenário do Senado, por volta do dia 9, agora, sob a presidência do Presidente do STF, Ricardo Lewandowski, quando, enfim, o destino de Dilma Rousseff será traçado.

É aguardar.... em matéria de votação, tudo pode acontecer, ainda que as chances sejam, cada dia, mais pequenas – caso não aconteça algum ‘fato novo’.

quarta-feira, 27 de julho de 2016

ADVOGADO DE PAULO RAMOS PARTICIPARÁ DE PUBLICAÇÃO DE ANTOLOGIA DE CRÔNICAS EM SÃO PAULO.

Capa do Livro de Antologia com previsão para ser lançado em São Paulo. 

O ADVOGADO JOSÉ ALEX BARROSO PARTICIPARÁ DE ANTOLOGIA DE CRÔNICAS EM SÃO PAULO.

O advogado José Alex Barroso, escritor e ativista político, residente na cidade de Paulo Ramos/MA, vai fazer parte do lançamento de uma Antologia de Crônicas, intitulada “Mais do que palavras”, vol. 1, da editora paulista Scortecci.

O mencionado causídico contribuirá com uma crônica, falando do ‘plano’ de um empresário do País que, mesmo ‘quebrado’, deseja ‘melhorar’ a libido do brasileiro.

“Terá um pouco de sátira e humor... tem que ter comicidade, senão perde a graça”, diz o ativista, conhecido por usar o lado cômico em suas postagens nas redes sociais.
O lançamento do livro será no final do ano, em São Paulo.

Depois de lá, o causídico, com outros colegas, vão programar o lançamento em algumas cidades do Maranhão e de outros estados.

ACIDENTES DE MOTOCICLETAS NO PAÍS TRIPLICAM A QUANTIDADE DE MORTES. O 'QUADRO' VIROU UMA 'ROTINA' PERVERSA.

Acidente de motocicleta: cena que virou rotina nas cidades do País.

MORTES NO TRÂNSITO, COM MOTOCICLETAS, AUMENTAM. ALIÁS, TRIPLICAM.

A cena da fotografia é, hoje, quase regra na maioria das cidades brasileiras, especialmente as de médio e pequeno portes. Situações como essa, representam mortes e muitos danos, num índice de quase 30% (28%) de todo o universo de óbitos verificados nas cidades, envolvendo motocicleta. Resultado: entre 2002 e 2013, o número de mortes, com motos, cresceu, de modo assustador. Em 2002, as vítimas eram 3.773. Em 2013, o número subiu para 12.040.

Os dados, apenas com feridos, no mesmo período, são igualmente alarmantes: o total foi de 21.692 para o universo de 88.682 pessoas.

Você que é bom de matemática, sabe que uma simples operação, dará a certeza de que a quantidade de gente ferida quadruplicou. O fato mais alarmante, ainda, é saber que não há esperança de melhora à vista, ante a combinação de falta de políticas públicas e irresponsabilidade no trânsito.

Você pode achar que os prejuízos só advém das mortes em si – que é o lado mais importante, em face do bem precioso, a vida. Mas há outros: gastos com atendimento médico-hospitalar, medicamentos e insumos; envolvimento de profissionais, inclusive paramédicos, sem falar em servidores de órgãos de segurança pública e da Polícia científica, encarregados da feitura de perícias e demais diligências.

Tudo isso, é bom e importante lembrar, consome recursos... os pagadores de impostos têm que trabalhar mais e mais; a carga tributária, com isso, fica mais salgada, insuportável.

Não é só: os sistemas de saúde de muitas cidades estão, cada vez mais sufocados/sucateados. Médicos e outros profissionais são obrigados a deixar um ou outro paciente para atender/socorrer uma vítima que chegou em situação péssima e/ou de risco.  Ambulâncias são deslocadas para centros mais avançados, exigindo acompanhantes.

Tem mais coisa: milhares de pessoas que perderam seus entes queridos vão bater à porta do INSS, para buscar uma pensão. Outras vão, diretamente àquela Autarquia, pedir auxílio doença ou auxílio acidente. E aí? Não adianta reclamar... está tudo explicado.

Diante desse cenário, pergunta-se: cadê o Poder Público? Onde estão as campanhas educativas. Cadê os Detrans? Eles só servem para tirar CNH e não para fiscalizar? É isso mesmo? Pois é....

Desça, agora, para o seu Município! O ‘quadro’, ‘aí’ ou ‘aqui’, é bem parecido: fiscalização zero, atuação abaixo disso, e tudo fica a ‘Deus dará’.

Cadê os capacetes? Eles estão nos ‘braços’ dos condutores de motos. Seria bom se isso fosse apenas força de expressão, mas não é: os capacetes estão, literalmente, nos braços dos motoristas irresponsáveis, ou seja, bem longe de suas cabeças – a parte que o instrumento visa proteger.

A nossa realidade é essa mesma... por muito tempo, será assim.

E será assim, mesmo: com danos, sangue, morte e dor; muita dor!

Infelizmente, esse é o quadro que temos.

Até quando? Ah, essa resposta depende de muitos fatores.

Não espere nenhum ‘plano de São Pedro’: esta ‘autoridade’, como se sabe, cuida de outro setor, também, importante: mandar chuva para acabar com a seca de muitos lugares.

Como estamos em período de campanha política, procure saber de seu candidato/candidata o que ele/ela tem a dizer sobre isso. Se ele não quiser tocar no assunto, já é um sinal muito ruim.

Tem mais alguma coisa. Mas fica para outra oportunidade.


Obs.: Este Blog maneja a notícia, de forma a dar ao leitor um universo maior de dados e questionamentos – coisa que uma parte da imprensa nem sempre faz. Nós nos preocupamos com aspectos além da notícia em si. Esse é um dos nossos objetivos. Aproveite! Não são todos os blogs que se preocupam com isso. Aliás, é bom registrar que alguns têm apenas a preocupação de obter ‘jabá’. Se tiver um ‘jabá’, está tudo bem.

terça-feira, 26 de julho de 2016

WESLEY SAFADÃO CUMPRE A PALAVRA: VAI DOAR O DINHEIRO DE SHOW PARA INSTITUIÇÕES.

Wesley Safadão, no anúncio.

WESLEY SAFADÃO ENCERRA A ‘CONFUSÃO’ DO CHACHÊ ALTO EM CARUARU: VAI DOAR O DINHEIRO.

O cantor Wesley Safadão – que está no auge das ‘paradas de sucesso’ e de recebimento de cachê alto, encerra a polêmica, na qual se envolveu, quando cobrou um cachê de R$ 575 mil para se apresentar em Caruaru/PE, no mês de junho.

O cantor, com sua produção, ‘bateu o martelo’, nesta terça: vai doar o valor líquido do espetáculo, ou seja, já com os descontos, para 4 instituições filantrópicas, estabelecidas em Caruaru. Segundo a produção garante, o critério de escolha contou com a participação do Ministério Público Estadual. Cada instituição receberá, aproximadamente, R$ 93 mil.

Para quem não se lembra, a polêmica criada pelo show do artista, aconteceu pelo fato de ele cobrar, naquele período, um valor bem mais baixo (R$ 190 mil) para se apresentar em Campina Grande/PB – na mesma região, o que causou burburinho. Esta situação levou o cantor a optar pela doação do dinheiro pago pela Prefeitura, como forma de ‘fazer uma média’ com aqueles que faziam críticas ao badalado cantor.

Não há dúvida de que Wesley Safadão, mesmo doando o cachê de seu show, ganha muito, investindo no social e, claro, na própria imagem de empresário, bombando mais ainda a sua já sólida carreira.

BANDIDOS SEQUESTRAM A SOGRA DO CHEFÃO DA FÓRMULA-1.

Aparecida Schunck (sem óculos), com suas duas filhas.

‘INDÚSTRIA DO SEQUESTRO’ FAZ MAIS UMA VÍTIMA, FAMOSA: A SOGRA DO CHEFÃO DA FÓRMULA 1.

A ‘indústria do sequestro’, que cresce e se organiza à custa da incompetência dos órgãos de segurança pública do Estado brasileiro, faz mais uma vítima. Foi em São Paulo, na semana passada (sexta-feira). Sim, a vítima é famosa, por tabela: é Aparecida Schunck, 67 anos, sogra de Bernie Ecclestone, 85 anos, simplesmente o chefão da Fórmula 1. Ele é casado com Fabiana Flosi, 38 anos, filha da sequestrada.

Como sempre, os bandidos demonstram audácia. Nesse caso, é mais do que isso. O pedido de resgate é da ordem de 120 milhões de reais, e foi feito, claro, a partir do pedigree do genro. O britânico Ecclestone é o todo-poderoso da maior categoria do automobilismo no mundo.

Segundo notícias da imprensa, a organização do Grande Prêmio só vai se pronunciar quando houver um desfecho para o caso.


E assim, o Brasil prossegue passando vergonha, com suas altas taxas de criminalidade, inclusive em relação a roubo e a sequestro.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

CONVENÇÃO DAS OPOSIÇÕES EM PAULO RAMOS: PARTICIPANTES SENTIRAM A AUSÊNCIA DE LIDERANÇAS ESTADUAIS.


Clube Machado Filho: espaço suficiente para acomodar mais gente.

CONVENÇÃO DOS PARTIDOS DE OPOSIÇÃO CHAMA A ATENÇÃO.... MAS PELA AUSÊNCIA DE IMPORTANTES LIDERANÇAS.

A Convenção dos Partidos de Oposição, em Paulo Ramos, no sábado, 23, teve um ‘concorrente’ de peso que muita gente sentiu: a ausência de um dos principais cabos eleitorais de Deusimar Serra.

É que o deputado Zé Carlos/PT, não deu o ar de sua graça no Evento político – um momento importantíssimo, para começar bem a ‘grande travessia’. Alguns chegaram a justificar que o motivo seria doença, mas não houve certeza disso.

A ausência do deputado federal Zé Carlos, na verdade, ficou sem uma boa explicação, situação que, infelizmente, causou desânimo, não somente na militância em geral, mas também nas lideranças de todo o grupo.

Outra ausência com a qual os partidos de oposição não contavam foi a do deputado federal Pedro Fernandes, do PTB, que, desde o ano passado, está sob a órbita de ‘DS’.

Anunciado como certo, Pedro Fernandes teria garantido a alguns amigos que não poderia contrariar o grupo da situação, em Paulo Ramos, pois foi esse mesmo grupo que lhe ajudou a chegar em Brasília por mais de uma vez. A tática, dizem, foi fazer parte, mas de longe, ficando mesmo em São Luís.

Não se sabe se por causa do desânimo. Mas alguns participantes da Convenção de Deusimar Serra, foram unânimes em dizer que o Evento realizado, no sábado, nem de longe, se pareceu com aquele grande movimento feito nas eleições municipais de 2012.

O Evento político contou com a presença da deputada estadual Ana do Gás. Do Governo Estadual, porém, apenas e tão somente as presenças de dois integrantes, Márcio Jerry e Mávio Rocha, que tiveram a missão de injetar um pouco de ânimo e trazer força aos candidatos.


Como algumas pessoas são chegadas a fazer comparações em épocas de campanhas eleitorais, o certo, agora, é aguardar a Convenção do grupo da situação, comandado pelo Prefeito Tanclêdo Lima e seu irmão, Kinkas Araújo, no dia 5 de agosto – onde serão confirmados os nomes de Renata Martins e Arilene Santos, para a disputa à Prefeitura em outubro, bem assim, a escolha dos candidatos à Câmara de Vereadores.

BLOG E A DICA GRAMATICAL.

Estrangeiro (da Rússia), que motivou a notícia no Portal Uol.

DESLIZE GRAMATICAL PARA CORREÇÃO NO PONTO.

“ESTRANGEIROS GASTAM R$ 30 MIL PARA SEREM VOLUNTÁRIOS DA RIO-16” (Uol, 25/07). Cadê a concordância?

Desse jeito, não! Estrangeiros ‘gastam’ para ‘serem’? Por favor!

“Gastam” para “ser”, aí sim.

Outros exemplos:

As pessoas vão se "vestirem'. As pessoas vão se vestir.

Os estudantes vão "levarem" o caderno. Os estudantes vão levar....

Você achou difícil? É só 'treinar'. Dá para pegar rápido.

MILLÔR FERNANDES, O "MAGO" DO HUMOR, PARA AJUDAR NO COMEÇO DA SEGUNDA-FEIRA.

Millôr Fernandes, humorista.


SEGUNDA-FEIRA, PRA COMEÇAR COM A 'ACIDEZ' DO SAUDOSO MILLÔR FERNANDES, SEMPRE ATUAL, APESAR DE COISAS DITAS HÁ DÉCADAS. QUANTA ATUALIDADE! VISÃO EXTRAORDINÁRIA!!

Sobre Pesquisa de opinião:

"São três as análises básicas das 'pesquisas de opinião': Uma pra orientar os candidatos. Outra pra orientar os financiadores. Outra pra desorientar o público." 


Sobre a corrupção:

"Você é contra ou a favor da legalização da corrupção?" (1987).


Você enxerga atualidade nisso? Deixo com você, caro e consciente leitor.

domingo, 24 de julho de 2016

"FILHOS DA BACABINHA" FAZEM II ENCONTRO EM PAULO RAMOS.


José Alex, Jacilda, Itamar, Miron, Maria das Graças, "Toti" e Eudes (agachado).

Mesa com Suely, Enilde e Rozângela.


Muita gente bonita, música, dança, muito papo, para colocar as 'notícias' em dia. Assim foi o Encontro dos "FILHOS DA BACABINHA", segunda Edição, ocorrido na noite de ontem, na sede do Sindicato dos Professores, na "Vila Dantas", na cidade de Paulo Ramos.
 
O Encontro dos "Filhos da Bacabinha" é uma ideia que abrange mais de uma geração, para criar um 'espaço' de convivência, ainda que eventual, entre pessoas que, por várias razões, moram e/ou trabalham distante de Paulo Ramos, mas desejam o fortalecimento dos laços de amizade que os unem, desde muito.
 
No Encontro de ontem podemos destacar, dentre tantas outras, as presenças de Otávio Freire de Andrade, vereador na primeira Legislatura de Paulo Ramos, e Miron Oliveira "Mironzinho" - uma das pessoas que lutaram para a criação do Município de Paulo Ramos, em 1969. 
 
"Na verdade, a nossa luta, para criar Paulo Ramos, começou no ano de 1961", disse ele. Apesar de nunca ter exercido cargo público quer no Executivo, quer no Legislativo, Mirom acompanhou, de perto, a vida política do Município, sendo um dos responsáveis pela construção da história de Paulo Ramos, de onde saiu, há pouco mais de 10 anos, para residir em São Luís.
 
A 3ª. Edição do novo Encontro dos "Filhos da Bacabinha" ainda não tem data definida.

JOANA FOMM RECEBE PROPOSTA DE EMPREGO, APÓS APELO PELAS REDES SOCIAIS.

Atriz Joana Fomm: recebe oferta de emprego.

ATRIZ JOANA FOMM, QUE PEDIU EMPREGO PELAS REDES SOCIAIS, RECEBE PROPOSTAS DE TRABALHO.

A atriz Joana Fomm, experiente profissional da TV brasileira e que já fez mais de 40 novelas, já tem novo emprego em vista. Ao menos, já tem propostas para isso. O fato ocorre dias depois que a ex-Global fez ecoar, pelas redes sociais, seu apelo, visando uma colocação no mercado, alegando que estava desempregada.

Apesar de admitir que surgiram duas proposta, inclusive na TV, ela mantém o silêncio quanto aos detalhe da boa oferta. “Quando estiver tudo certo eu falo”, disse a atriz, ontem, 23, ao site Purepeople.

Agora, é esperar para que o novo emprego de Joana Fomm se materialize, para que a atriz volte a fazer boas atuações, do jeito que ela bem sabe fazer.

sábado, 23 de julho de 2016

GRUPO DE MAURA JORGE EM LAGO DA PEDRA COMPÕE COM O LÍDER RODRIGO NETO.

Laércio Arruda e Rodrigo Neto: União para as eleições em Lago da Pedra.

OPOSIÇÃO DE LAGO DA PEDRA NÃO SE ENTENDE E GRUPO DE MAURA JORGE COMPÕE COM O LÍDER RODRIGO NETO.

O cenário materializado pela composição do Grupo político da prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge, com o líder político Rodrigo Neto, havia se desenhado, há meses. Quase não foi surpresa para alguns.

A composição de Rodrigo Neto com Maura Jorge foi resultado da falta de sintonia, no seio da oposição. É que esta não chegava ao acordo para colocar o candidato com melhores condições político-eleitorais, já que Mauro Jorge (primo de Maura), vem querendo comandar a prefeitura, desde que o Mundo é Mundo. Mas Mauro Jorge, de acordo pesquisa de opinião séria (inclusive de posse do Governador Flávio Dino), estava/está pontuando abaixo de Rodrigo Neto, o qual, por isso, ‘bateu o pé’, dizendo que não abriria mão da cabeça de chapa e que só ficaria na oposição se houvesse um diálogo para isso. Não houve.

Na verdade, meses antes, houve um entendimento, segundo o qual, quem ficasse em primeiro lugar na pesquisa seria o candidato do grupo. Mas essa proposta, já agora pelo fim da contas, foi rejeitada por Mauro Jorge, que está na segunda posição.

Já Rodrigo Neto, ao contrário, estava na “poli-position”, ou seja, em primeiro lugar, com boa margem para disputar o pleito, ajudado pela história de luta e pelas posições que muitos já conhecem.

Como Mauro Jorge não arredou de sua decisão, Rodrigo Neto uniu com Maura Jorge, para ser o candidato a vice, na chapa com o atual vice-prefeito de Lago da Pedra, Laércio Arruda.

Assim, pela falta de entendimento, a oposição teve uma grande baixa, já que o tropeção foi ‘meio grande’, por perder um general do porte de Rodrigo Neto, com boas chances de vencer a ‘batalha de outubro’.

Rodrigo Neto, por sua vez, fez um grande negócio, aceitando ser vice, na chapa e, quem sabe, preparar caminho para um futuro, daqui a 4 anos.

Em política é assim: às vezes, o menor ‘pisão’ fora do lugar, pode mudar o ‘curso do rio’ ou da história.

Ainda não se pode concluir isso, pois eleição só se ganha no dia. Mas é exatamente esse cenário que está sendo desenhado aos olhos de alguns analistas.

O Blog conversou hoje, com Rodrigo Neto, que disse: “Nós somos da base do Governo, já que Laércio é do PSDB e eu sou, desde 91, do PSB, sendo fiel, lutando e pensando o melhor para Lago da Pedra”.

A Convenção para oficializar os dois nomes, inclusive de candidatos ao cargo de vereador, será no dia 30, um grande evento, que contará, também, com a participação do senador Roberto Rocha.