segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

A SAÚDE DO BRASIL ESTÁ NA UTI



O SISTEMA DE SAÚDE DO BRASIL PEDE SOCORRO. O CAOS TEM NOME E SOBRENOME.

GASTO ANUAL/HABITANTES

DF: 1.200,00 (maior gasto)

BAHIA: 215,00 (menor gasto)

 
A Saúde do Brasil – que não cuida bem dos pacientes, está precisando de um ‘bom médico’, por conta do caos instalado em todos os lugares... em quase toda a Federação. Às vezes, falta remédio até para dor de cabeça.

 
O Sistema está, realmente, quebrado, por conta do péssimo gerenciamento, pautado pela ingerência política.

 
Na Bahia, uma mulher perambulou quase um dia inteiro em busca de amparo do SUS: só conseguiu uma injeção para diminuir a dor do joelho quebrado, há dias e que dificulta a locomoção.

 
O Secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, foi corajoso, ao falar com a repórter: “Onde é que tem caos na Saúde?.... a Saúde da Bahia não tem caos”, garantiu ele.

 
O pior, é que essa garantia dele, não vale nada... absolutamente nada. Nada mesmo. Os fatos provam.

 
No Rio de Janeiro, servidores foram pegos jogando no lixo próteses vencidas. Isso mesmo, vencidas, ou seja, não puderam ser usadas, apesar de muitos pacientes estarem precisando delas, com urgência.

 
Pelo jeito, é preciso quebrar todo o Sistema, os 100%, para começar do ZERO. Infelizmente.

 
Aliás, estamos no País da ‘quebradeira’: quebra em Prefeituras; quebra na Petrobrás; quebra na Saúde; quebra na construção de obras públicas em muitos Estados; quebra ‘ali e acolá’, enfim, o assunto se resume numa palavra: QUEBRADEIRA.

 
Agora, é preciso caçar, com uma lanterna, os responsáveis pela instalação do caos. Tem de caçar, de ‘um por um’, até ficar completo. Em seguida, instalar uma boa ‘força-tarefa’, com bons e experientes delegados de Polícia. Depois da faxina, virá um bom inquérito. Depois, tem a ação penal e, logo em seguida, a definição da culpa, com a sentença.

 
Ainda falta a última etapa do ‘processo’: a prisão de todos. A pena pode ser cumprida nos piores presídios do País. É que os responsáveis pelo caos na Saúde, têm que sentir o lado mais ruim do sistema. É a tal ‘equivalência dos danos’, que faz parte da reprimenda.  

 
Afinal de contas, a ação dos culpados prejudicou um dos bens mais importantes do cidadão, com o agravante de ter sido em momentos de muita dor. Literalmente!

MINISTRO DA JUSTIÇA, JOSÉ EDUARDO CARDOZO PEDE DEMISSÃO



‘CAI’ O MINISTRO DA JUSTIÇA, JOSÉ EDUARDO CARDOZO. DILMA ESTÁ ‘SITIADA’ PELA FÚRIA DO PT E DO ‘PAJÉ-MOR’, LULA ‘PANELAÇO’ DA SILVA.

 

Sabe aquele ditado: “água mole em pedra dura....”.

 

Pois é, Lula e o PT têm sido muito insistentes... e têm ‘levado’. Eles reclamam, resmungam, dão murro em mesa, fazem pressão, e os resultados chegam prontinhos. Pode até demorar, mas sai tudo do jeito que foi imaginado, sem qualquer alteração.

O Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, de tanto apanhar, não aguentou mais. Ele era acusado de não ‘conter’ o avanço da Polícia Federal, e Lula não se ‘aguentou’ com a situação da suposta perseguição.

 

Eduardo Cardozo, infelizmente, tinha contra si um peso enorme: Lula, há muitos anos, tem uma ‘rixa’ com o colega, por conta de uma picuinha partidária.

 

Lula ‘Panelaço’ da Silva levou a melhor. Já Dilma Rousseff, pelo visto, continua sitiada pela máquina partidária. Tem sido obrigada a ‘ceder’.

 

Os brasileiros, infelizmente, ainda vão assistir episódios parecidos.

 

Não se surpreenda se a imprensa divulgar, ainda hoje, que Dilma vai reunir com Lula, para indicar o novo ministro.

 
É a República dos vexames.

domingo, 28 de fevereiro de 2016

VEREADOR DÁ MAU EXEMPLO NA CÂMARA DE PAULO RAMOS

VEREADOR FRANCIMAR DÁ MAU EXEMPLO NA CÂMARA MUNICIPAL DE PAULO RAMOS
 
Pegou mal a atitude do vereador Francimar Oliveira, de retirar-se do Plenário da Câmara Municipal, na sexta-feira, após a Sessão normal, quando o advogado José Alex Barroso teve a palavra para agradecer sua ida ao Parlamento, com o objetivo de agradecer ao Projeto de Indicação da Construção do Estádio Municipal, aprovado por unanimidade.
 
A matéria, após idealizada pelo causídico e centenas de Desportistas da cidade, oficialmente foi uma iniciativa do vereador Edvaldo Bigode, que contou com o apoio de todos os seus colegas presentes à Sessão: Erielton Marques, Isa, Sandro César, Santana, Ivan Matos e Ivaldo, além do presidente da Casa, Weltran Arruda e do próprio Francimar.
 
Logo que o presidente da Câmara, Weltran Arruda, autorizou a fala, Francimar, de propósito, se retirou da Casa, num gesto que muita gente de bom senso, jamais faria.
 
Algumas pessoas já sabiam do ‘enredo’. Alguns presentes disseram que já estão acostumados com atitudes como aquela escolhida por Francimar.
 
“Para um vereador que ainda pensa em cargo público, não pega bem”, disse o advogado José Alex, com a costumeira tranquilidade.
 
Aliás, José Alex Barroso – que também já foi vereador em Paulo Ramos, no começo de sua fala, chegou a agradecer, também, ao próprio vereador Francimar, quando testemunhava sua saída do recinto.
 
Não há dúvida de que foi um mau exemplo. Felizmente, parece que ninguém vai copiar tamanho disparate.
 
Ainda bem.

PREFEITA AFASTADA DE BOM JARDIM, LIDIANE LEITE, DÁ ENTREVISTA E DIZ QUE NÃO MANDAVA EM NADA

 
LIDIANE LEITE, PREFEITA AFASTADA DE BOM JARDIM NO MARANHÃO, DÁ ENTREVISTA À REVISTA ‘MARANHÃO HOJE’ E DESABAFA: ‘não fui prefeita de fato um dia sequer’.
 
A prefeita afastada de Bom Jardim/MA, no ano passado, Lidiane Leite, diz em entrevista que nunca foi prefeita de fato.
 
Essa notícia é daquelas que muita gente pode dizer: ‘Ah, isso eu já sabia!’ Sabíamos faz tempo!, diriam outros.
 
Eu lhe pergunto: tem coisa mais óbvia do que isso? As pedras de Bom Jardim souberam disso antes mesmo de nós.
 
Lidiane Leite é aquela senhorita, muito bonita, conhecida como a prefeita ‘ostentação’ – um nome que a mídia entendeu de colocar, usando de seu lado, digamos assim, ‘carniceiro’, quando quer ver o ‘circo pegar fogo’. É assim que a mídia ajuda certas pessoas em dadas situações embaraçosas.
 
Funciona assim: a coisa tá embaraçosa; aí a ‘mídia’ ajuda a embaraçar mais um pouco. Daí em diante, meu amigo, tudo que vier é pura desgraça, mesmo.
 
O pior, é que no caso de Bom Jardim, a dona Lidiane Leite, realmente deu chance para o azar, a começar quando foi eleita naquelas circunstâncias: o marido/namorado Beto Rocha (ricaço), por ser ficha suja, entendeu de elegê-la, dando-lhe um cargo decorativo, ficando ele e outros no comando real da Administração Municipal. Tem razão Lidiane, quando diz que não governou um dia.
Em muitos lugares desse país – incluindo o “Maranhão, minha terra, minha paixão”, a coisa é desse jeitinho. Só há mudança quanto aos personagens. O enredo é bem parecido.
 
Em alguns municípios, o prefeito que sai, às vezes, bota um pau mandado; são chamados de ‘vaqueiro’ – aquela pessoa que vai juntar os ‘bois’ em favor do patrão. E tem, claro, que ‘rezar na cartilha’, durante todo o mandato, sem faltar nenhum dia.
 
Nesse quesito – de botar um ‘vaqueiro’ na prefeitura, já houve um ‘avanço’ e tanto.
 
Quem não se recorda do Município de Lago dos Rodrigues, hein? Lá, o então gestor, sem achar no grupo político pessoa mais gabaritada para sucedê-lo, achou de candidatar ninguém menos que o próprio motorista, Assis, que só fazia assinar a ‘papelada’ – como muitos por aí.
 
Engaçado é que em Lago dos Rodrigues, o prefeito Nazareno saiu da Prefeitura, mas achou de assumir o cargo de Secretário de Administração do governo de seu ‘vaqueiro’, Assis. Trocou 6 por meia dúzia.
 
Em outro Município da região (não é o meu), o prefeito que estava ‘saindo’, resolveu botar para ser candidato à sua ‘sucessão’ o seu vaqueiro, de verdade (desta vez, é sem aspas, pois o ‘home’ era o capataz de suas fazendas). O acontecido foi em Altamira do Maranhão. Foi uma grande ‘contribuição’ à história das sucessões municipais. Os livros de história ‘agradecem’.
 
E o diabo é que o vaqueiro levou a parada... ganhou as eleições em Altamira, meio apertada, mas ganhou.
 
Certo é que o ‘vencedor’ não mandava em nada, mas o bom é que ele recebia seu salário integral de prefeito no final do mês. Em relação a isso, não havia dúvida... os subsídios, ele pegava ‘tudim’.
 
Lidiane Leite – afastada do cargo, informa que estuda para ser advogada e confessa ter medo de políticos com quem conviveu em Bom Jardim. Se ela fala assim, é porque ela sabe o que está dizendo.
 
Perguntada como era a sua administração, Lidiane não disse muito coisa.. só faltou dizer que não sabe o endereço da prefeitura. Faltou pouco para isso.
 
A prefeita, ou melhor, a ex-prefeita (ninguém sabe ainda), respondeu, na sequência da pergunta, sobre a ‘sua’ administração:
 
“Não sou responsável, pois nunca administrei a prefeitura nem sequer por um dia”.
 
Inteligente, a moça. Resumiu tudo numa só frase, apesar de não surpreender ninguém nesse Maranhão ‘véi’.
 
Será que o caso de Lidiane Leite também era assim mesmo? Ela diz que não mandava em nada? E que o prefeito de fato era seu ex-marido, Beto Rocha. Será que, ao menos, recebia seus ‘subsídios’?
 
Senhores, exemplos com o mesmo ‘enredo’, de Bom Jardim, existem muitos por esse Brasil de ‘meu Deus.
 
A nossa República tem esse ‘perfil’.
 
Eta, Brasil ‘vei’: sei que o bom mesmo é te amar, mas.....
 
Esse tipo de ‘amostra’, vinda de Bom Jardim, encontra-se presente na política brasileira. No Maranhão e em outros estados, há casos e mais casos de prefeito que, ao ‘sair, resolveu ficar’, permanecendo com a ‘mão na massa’ por mais tempo.
 
Isso contribui para que a nossa República esteja desse tamanho: pequena... pequena mesmo!!

sábado, 27 de fevereiro de 2016

BLOG A E O PROGRAMA CIDADE NOTÍCIAS VÃO VISITAR A ESTRADA MA PAULO RAMOS - VITORINO FREIRE


BLOG A E O JORNALISTA FLÁVIO ROCHA DO PROGRAMA "CIDADE NOTÍCIAS" FARÃO UMA VISITA À ESTRADA PAULO RAMOS - VITORINO FREIRE, QUE O GOVERNO DO ESTADO MANDOU PASSAR UMA MÁQUINA 'PRA LÁ E PRA CÁ', MAS O MAQUINÁRIO, DEPOIS DE 3 DIAS, FOI EMBORA. SUMIU!!
 
É daqui a pouco. Sairão às 10:30. Vão filmar e tirar fotografias dos principais trechos da estrada e mandar para a Secretaria de Infraestrutura do Estado do Maranhão. Eles vão ficar de 'orelha aberta'.
 
Querem saber se o serviço do Governo do Estado é ruim mesmo ou, no caso da Estada MA foi apenas uma 'mera coincidência'.
 
Aguardem as fotos. É você que vai avaliar... nós apenas vamos lhe dar o 'caminho'.
 
A nota final, fica por conta do internauta.




'RESTAURANTE DA LOIRA' AJUDA A FAZER 'TAPA-BURACO' EM PAULO RAMOS. VEJA ISSO!


VEJA ESTA PLACA: ELA INDICA, CLARO, A REALIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE ‘TAPA-BURACO’ POR UMA EMPRESA. ISSO TAMBÉM É INDISCUTÍVEL. É próximo do Posto Machado II, no Bairro São Raimundo em Paulo Ramos. Foi nesta semana.

 

Lembrei-me daquela frase: ‘uma fotografia vale mais do que mil palavras’. Será?!

 

Não vão achar, pelo amor de Deus, que houve ‘montagem’. A foto foi tirada porque o Blog achou ‘interessante’. Não houve pedido para que a placa do Restaurante da Loira fosse colocada perto do serviço. É tudo ‘natural’.

 

Acho, até, que, se alguém pedisse, eles ainda assim não retirariam a placa. É que a empresa, pelo visto, estava (ou está) precisando muito dela. É questão de necessidade pura.

 

Mas a pergunta é: por que a placa do “Restaurante da Loira” faz parte do serviço de ‘tapa-buraco’ da empresa, cujo nome não aparece?

 

A Loira, por acaso, é sócia do serviço? E se a Loira, ao menos, sabe disso?

 

E se não, por que estão usando a placa de seu restaurante?

 

A placa foi alugada, então? Ou emprestada? Ou pegaram-na sem a dona saber?

 

Será que pega bem uma empresa/firma utilizar uma placa de um restaurante (ou de qualquer outro estabelecimento), para colocar perto da obra que está realizando?

 

Com a palavra, a empresa responsável pelo serviço. É preciso uma explicação, duas, três.... Ou não é?

 

O que a população acha disso??

 

A empresa em questão está trabalhando para a Prefeitura de Paulo Ramos, mas o nome dela não se sabe. Vamos procurar saber, para informar à nossa população.

 
Quem tiver placa para alugar, habilite-se: agora ou nunca!!

VEREADORES RECEBEM GARANTIAS PARA A REABERTURA DA AGÊNCIA DO BANCO DO BRASIL DE PAULO RAMOS



BANCO DO BRASIL VAI NORMALIZAR O SERVIÇO, GARANTE O SUPERINTENDENTE.

 

A reunião dos vereadores, ontem, sexta-feira, com a gerência do Banco do Brasil, local, traz bons resultados para a sua reabertura, já que a mesma encontra-se ‘fechada’ (sem atendimento normal) desde o mês de novembro do ano passado – quando bandidos explodiram os caixas eletrônicos, o que impediu, por isso, os serviços do banco em Paulo Ramos. “Foi muito proveitosa a reunião”, disse o presidente da Câmara, Weltran Arruda.

 

Na reunião, o gerente Josephly Rocha e Marcos Belfort manifestaram preocupação com a situação da Agência, e disseram que estão fazendo tudo quanto é possível para normalizar os serviços 100% do banco, já que, atualmente, algumas coisas já estão sendo realizadas em Paulo Ramos, como, por exemplo, abertura de conta, troca de senhas e outras operações. “Estamos preocupados com os nossos clientes”, disse o gerente Josephly.

 

O gerente chegou a dizer: “sempre me coloco no lugar do cliente, para resolver a situação dele”.

 

O gerente da Agência local, Josephly, fez questão de ligar para a Superintendência, colocando o telefone no “viva-voz”, par permitir um diálogo mais realista com o responsável pelas providências solicitadas, visando à normalização dos serviços, Rodrigo Araújo Santana, assessor da Superintendência do Banco do Brasil em São Luís.

 

O vereador Edvaldo Bigode foi um dos que falaram, via telefone, com o assessor da Superintendência, Rodrigo, para reclamar e pedir providências, a exemplo do Advogado e correntista do Banco do Brasil, José Alex Barroso, que também participou da Reunião, ontem.

 

Os vereadores chegaram a mencionar que alguns idosos e outras pessoas estão sendo maltratados na Agência de Lago da Pedra. E que alguns que não querem viajar, com medo de assaltos, estão sendo obrigados a entregar seus cartões de conta para taxistas sacarem o dinheiro, tendo, por isso, que pagar uma espécie de ‘taxa de serviço, o que prejudica muitos, por razões óbvias.  

 

Os vereadores, no final da conversa, insistiram quanto ao prazo de abertura da Agência de Paulo Ramos, quando, enfim, o assessor da Superintendência garantiu que vai priorizar Paulo Ramos, já que existem, atualmente, no Maranhão, 13 Agências em situação igual, como Colinas, Amarante, Bacuri e outras. “Mas em Paulo Ramos vamos normalizar dentro de, no máximo, 30 dias”, garantiu Rodrigo Santana.  

 

No final da reunião, o gerente da Agência Josephly Rocha aproveitou para anunciar que o Banco do Brasil vai instalar correspondentes bancários em alguns comércios de Paulo Ramos, como já faz o Bradesco. “Vai facilitar muito, e ainda vai diminuir o fluxo de pessoas na agência”, disse o gerente.

 

Por fim, o Gerente disse que a Agência continuará incentivando clientes – pessoas jurídicas e físicas, com vistas ao cadastramento das contas via celular, para o acesso pela internet, dizendo que, para isso “basta a pessoa interessada baixar um aplicativo do banco”, permitindo, com isso, ter conhecimento de saldos, transferências e pagamento de boletos, em procedimentos que podem levar um ou dois minutos ou até menos disso.  

 

Participaram da reunião os vereadores Weltran Arruda, Erielton Marques, Edvaldo Bigode, Sandro César, Isa, Ivaldo e Santana.

 
A Mesa Diretora da Câmara vai remeter à Agência um documento, para oficializar a reunião.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

CAEMA NORMALIZA O SERVIÇO DE ÁGUA EM PAULO RAMOS

CAEMA NORMALIZA A DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA NA CIDADE DE PAULO RAMOS.
 
Após quase dois meses de ‘seca’ (49 dias), a Caema – Cia de Saneamento Ambiental do Maranhão, normalizou, nesta quinta-feira, 26, a distribuição de água na cidade de Paulo Ramos, colocando uma bomba (recuperada) no poço do antigo campo/começo da Rua Elói Silva, que havia, segundo a própria Caema, queimado por conta de um ‘curto elétrico’.  
 
A falta de água envolvia muitos domicílios, provocando transtornos a milhares de pessoas, com reclamações as mais variadas, já que a água, como se sabe, além de ser um líquido, precioso, para matar a sede, é importante para cozinhar e também lavar roupas.
 
Aliás, é bom registrar que o jornalista Flávio Rocha, que comanda o programa ‘CIDADE NOTÍCIAS/TV CIDADE’ diariamente em Paulo Ramos, teve que viajar a São Luís, no começo desta semana, para falar com os responsáveis pela Cia de Água, pedindo providências, que, enfim, vieram.
 
“Falamos com Raimundo Almeida (Superintendente de Operações e Manutenção dos clientes do interior da Cia), que deu entrevista ao programa, prometendo providências, no outro dia, o que, de fato, aconteceu”, diz Flávio Rocha. O Jornalista disse ainda que, antes do Carnaval, “tivemos na Regional de Pedreiras, mas as providências não vieram”.

Apesar da Caema informar que foram 49 dias de falta de água, Flávio Rocha diz que o período foi maior: 51 dias. 
 
Veja aonde o serviço de água foi normalizado: Bairro São Raimundo, Rua Elói Silva, 1/3 do Bairro São Francisco (Mutirão), 1/3 da Rua 7 de Setembro, Rua Maranhão Sobrinho, conforme informações do encarregado de sistema, em Paulo Ramos, Francisco Marques Barros, mais conhecido como “Batista da Caema”.
 
Agora, após a normalização da água, é usar o líquido com responsabilidade.
 
Não é porque normalizou que você vai lavar a calçada, molhar a rua, sem necessidade, e até brincar de ‘jogar água nos outros’, como a gente, às vezes, vê por aí.

BANCO DO BRASIL VAI NORMALIZAR EM PAULO RAMOS, GARANTE A SUPERINTENDÊNCIA



Vereadores de Paulo Ramos fizeram, nesta sexta-feira, reunião com a gerência local do Banco do Brasil, para normalizar os serviços bancários. Veja os detalhes daqui a pouco.

VEREADORES DE PAULO RAMOS APROVAM INDICAÇÃO PARA A CONSTRUÇÃO DO ESTÁDIO



A CÂMARA MUNICIPAL DE PAULO RAMOS APROVA INDICAÇÃO PARA A CONSTRUÇÃO DO ESTÁDIO MUNICIPAL

 

Agora, vai!

 

Em Sessão concorrida, a Câmara Municipal de Paulo Ramos aprovou, nesta sexta-feira, uma matéria importante para o esporte de Paulo Ramos: a construção do Estádio Municipal, através de um projeto de indicação, de iniciativa do Vereador Edvaldo Bigode e endossado por vários outros colegas seus. Aliás, todos os parlamentares presentes foram a favor, inclusive o Presidente Weltran Arruda.

 

A matéria, na verdade, já era objeto de grande discussão, no âmbito da Câmara Municipal, meses antes, mas nesta sexta, houve uma situação diferente, já que muitos desportistas da cidade assinaram um abaixoassinado e entregaram o documento para o Presidente do Poder Legislativo, o vereador Weltran Arruda, que, inclusive, também falou da importância do assunto para o Município.

 

O Presidente da Câmara, após a Sessão normal e a aprovação do projeto, permitiu a palavra para o advogado e ex-vereador de Paulo Ramos, José Alex Barroso Leal, que agradeceu à Mesa Diretora e aos demais vereadores pela forma como trataram o assunto e pelo apoio recebido.

 

O advogado José Alex, disse que “estou aqui para colocar a questão a todos os vereadores, da situação e da oposição, já que o assunto é de interesse do município”.

 

O causídico disse também que estava ali, porque “tenho feito outras lutas em prol da coletividade” e, nesse caso, “fico triste porque todos os Municípios já têm seu Estádio ou seu campo, menos Paulo Ramos”. Ele também fez referência ao fato de o Prefeito Tanclêdo Araujo e o Secretário Kinkas Araujo estarem empenhados na luta para a construção do Estádio, antes do término do mandato. O Secretário Kinkas, após a reunião, em almoço no Restaurante São Raimundo, garantiu: “O prefeito disse que faz antes de terminar o mandato”.

 

Na Sessão, tiveram presentes muitos populares e desportistas, como Cosmo, Aldo e outros que ajudam a fazer o esporte da cidade e do Município.

 

O causídico, durante a sua falação, disse que não estava ali para apontar culpados, pela inexistência de um campo, já que os outros gestores do passado também poderiam ter feito algo a respeito, mas não fizeram.

 

O causídico lembrou, na oportunidade, que o ex-prefeito João Teixeira Noronha, deixou voltar mais de R$ 350 mil de um convênio, uma vez que havia uma inadimplência deixada pelo antecessor Raimundo Nenen, e por isso, o dinheiro terminou voltando aos cofres do Governo Federal, pois “Noronha não quis entrar com uma ação judicial contra o seu ‘padrinho político’ Raimundo Nenen”, o que terminou prejudicando o Município.

 
Os vereadores presentes e que aprovaram a indicação são: Edvaldo Bigode, Weltran Arruda, Erielton Marques, Isa, Sandro César, Francimar, Santana, Ivan Matos e Ivaldo.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

RENAN CALHEIROS 'IMUNIZA' DELCÍDIO DO AMARAL. NEM ADIANTA ESPERNEAR.

‘RENÃO’ CALHEIROS ANUNCIA UM DOS MAIORES FEITOS DE SUA GESTÃO: DIZ QUE O SENADO VAI AGUARDAR A JUSTIÇA PARA, SOMENTE DEPOIS, JULGAR O COLEGA ‘DELCIDÃO’ DO AMARAL. Parece pegadinha, mas não é.
 
 
Renan Calheiros parece que perdeu uma boa oportunidade de ficar calado. Nesta quinta-feira, 25, ele bateu o martelo (ou quer bater) e disse que o Senado só vai julgar o colega do PT, Delcídio do Amaral – solto pelo STF, quando a justiça decidir sobre sua culpa criminal. Pode isso?
 
O Senador alagoano, com certeza, acredita na ignorância de muitos brasileiros. Acreditar, ainda vai, mas acreditar e divulgar, na imprensa, que o brasileiro é idiota, aí não vale; aí é demais pra nós, que já estamos sofrendo muito.
 
Quem foi que disse, senhor Renan, que o Senado é obrigado a fazer isso... esperar pela solução do caso de Delcídio do Amaral, na Justiça, e somente depois de ‘não sei quantos mil anos’, botar na pauta o processo por falta de decoro?
 
Qual é o jurista que está lhe assessorando? Me diga o nome dele?
 
Não temos nada contra o Senador Delcídio do Amaral. Achamos até que ele não demonstra aquele tipo de maldade de muitos políticos desse País. E achamos que sua culpa vai, realmente, e deve ser decidida, pela Justiça, ou seja, pelo STF, ao menos enquanto o Senador ‘Delcidão’ mantiver o foro privilegiado. Com diz Arnaldo César Coelho: a regra é clara!
 
Mas dizer que o Senado, como instância independente – inclusive pelo caráter político do processo que vai tocar, é obrigado a esperar o Supremo Tribunal Federal julgar se Delcidão é culpado ou inocente, aí é brincadeira da grossa. É coisa para ‘calar os ouvidos’ de muitos brasileiros: ‘calar’ pra não ter que ‘enxergar’ uma heresia desta.
 
Agora, se o Senado e o próprio Senador Renan Calheiros não querem suportar o preço político de julgar o colega Delcídio do Amaral, logo, aí a solução mais indicada é essa mesmo e apelar para o STF resolver a parada sozinho.
 
Caso haja uma absolvição, a Comissão de Ética vai aplaudir e soltar foguete.
 
Ao contrário, se houver uma condenação criminal, o Senado, na via política, vai estar ‘autorizado’ a jogar Delcidão às feras.
 
Desse jeito é muito fácil... nem precisa colocar goleiro. Assim, até Galvão Bueno vai reclamar e até perder o emprego.

COMERCIANTES DE PAULO RAMOS NO MARANHÃO VÃO FAZER ABAIXOASSINADO CONTRA A AGÊNCIA DO BANCO DO BRASIL

ABAIXOASSINADO PEDINDO PROVIDÊNCIAS JUNTO AO BANCO DO BRASIL COMEÇARÁ NESTA SEXTA
 
É amanhã.... o abaixoassinado, pedindo providências urgentes para a abertura da Agência do Banco do Brasil de Paulo Ramos, começará a ser subscrito nesta sexta-feira, pelos comerciantes da cidade e demais interessados.
 
A população não sabe o que fazer, se vai a São Luís ou a Brasília, denunciar essa falta de respeito. Alguns acham que seria bom falar com o Papa Francisco. Teria mais futuro.
 
É que a direção do Banco do Brasil local não tem dado resposta satisfatória sobre quando vai, de fato, reabrir a Agência que os bandidos explodiram.
 
Na direção da Agência, quando muito, eles dizem que "não tem previsão".
 
Seria muito bom que, quando a Agência fosse cobrar os empréstimos, os devedores dessem a mesma resposta.
 
Não poderiam nem reclamar, com os outros. Ou poderiam?
 
 

DESPORTISTAS DE PAULO RAMOS VÃO À CÂMARA DE VEREADORES PEDIR APOIO PARA A CONSTRUÇÃO DO ESTÁDIO

'CAMPO-JÁ': AMANHÃ, NESTA SEXTA-FEIRA, UMA EQUIPE DE DESPORTISTAS VISITARÁ A CÂMARA DE VEREADORES DE PAULO RAMOS.
 
Os interessados vão pedir apoio dos vereadores para a Construção do Estádio de Futebol da cidade, que, infelizmente, ainda não tem. Todos os municípios do Maranhão já têm o seu, menos Paulo Ramos, que achou melhor deixar para fazer o seu, por último - talvez para entrar no livro dos recordes (guinnes book).
 
Vão pedir apoio, também, para visitar o Prefeito Tanclêdo e o Secretário municipal Kinkas Araújo.
 
Querem ouvir deles qual o plano de trabalho já esboçado para o começo das obras do Estádio que, há muito, a população espera.
 
Fica o convite aos demais interessados para o comparecimento à segunda Sessão do ano do Poder Legislativo, pela manhã.



ESTRADA PAULO RAMOS - VITORINO FREIRE: O MAQUINÁRIO DO GOVERNO SUMIU!!


TEM ALGO ESTRANHO NAS OBRAS DO GOVERNO DO ESTADO?
FLÁVIO DINO FAZ ALARDE NA OBRA DE CONSERTO DA ESTRADA PAULO RAMOS – VITORINO FREIRE, MAS DECEPCIONA.
 
 
Pois é.... a estrada PAULO RAMOS a VITORINO FREIRE, A MA 008, bem que causou, no povo da região, uma expectativa boa, muito boa. Mas durou pouco a ‘festa’. Parece aquele ditado: ‘alegria de pobre dura pouco!’.
 
No presente caso, ‘dá que chia’, pois as ‘obras emergenciais’ da nossa estrada esburacada (que atolou muitos carros em 2015), duraram apenas uma semana. Foi pouco serviço; realmente, mudou o aspecto de alguns trechos, melhorando a piçarra na pista.
 
Mas bem o maquinário não chegou direito, já deu às costas, indo embora.
 
Na estrada foi feita uma ‘guaribada’: um consertinho aqui, um consertinho ali, daqueles feitos ‘nas coxas’, como diz o ditado popular.
 
Pareceu que a empresa que assinou o contrato da ‘obra emergencial’ com o Governo de Flávio Dino, reservou também uma cláusula para deixar vários lugares do jeito que achou, ou seja, péssimo. Tem cada cratera que dá duas.
 
Ah, tenho que informar que a empresa também chegou a remover a lama da estrada, ‘de fora, a fora’, deixando o barro nas respectivas margens. Eles fizeram desse jeito para que a pessoa, facilmente, veja que alguma máquina passou ali.
 
Agora, ‘justiça seja feita’: grande mesmo foi o pedaço de dinheiro que a empresa Construserv levou, pelo serviço de ‘terceira’. Tem notícia de que o contrato envolve a bagatela de R$ 150 mil ou mais.
 
Garanto-lhes uma coisa, sem medo de errar ou ser processado: o serviço que foi feito, até agora, não justifica R$ 30 mil. É estranho ou não é?
 
Estranho também é o fato de o serviço ficar pela ‘metade’ e as máquinas terem sido levadas... talvez para outra ‘emergencial’, já que o Estado é grande.
 
Vamos protocolar, na próxima semana, junto à Sinfra, um pedido para o Governo do Estado exibir a cópia do contrato.
 
O que não dá é o cidadão fazer de conta que não está sendo enrolado, vendo com os próprios olhos que é exatamente o contrário. Aí é demais.
 
O protocolo do pedido será divulgado aqui, para que o povo fique sabendo toda a verdade.
 
Chega de confiar na nossa ignorância.... ou melhor, na nossa paciência!!
 
Perguntar não ofende: o maquinário da estrada vai voltar?
 
Obs. Se algum secretário das prefeituras de Paulo Ramos e Vitorino Freire e qualquer cidadão quiserem, me acompanhem: sábado, a partir das 10 horas da manhã estaremos percorrendo a estrada, para tirar fotografias e mandar para o Governador.
 
O Blog, desde já, convida Flávio Rocha, do programa “Cidade”.
 
Vamos tirar 30 fotografias. Acho que isso basta!

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

THAMMY MIRANDA E A MODELO VANESSA FERREIRA REATAM O NAMORO

THAMMY MIRANDA E VANESSA ‘REATAM’ O NAMORO ROMPIDO HÁ DIAS.
 
Como o Blog anunciou a separação, agora, pela responsabilidade assumida, é obrigado a anunciar o reatamento: THAMMY MIRANDA E VANESSA FERREIRA já estão com a vida amorosa totalmente normalizada.... já estão no apartamento, curtindo o retorno de um relacionamento que foi suspenso por falta daqueles ‘elos de compreensão’, sem os quais nenhuma relação a dois se segura em pé. Muitos sabem disso.
 
Os fãs da dupla, caso queiram, já podem comemorar, abrindo a champanhe. O ator, sim, o ator Thammy e a modelo Vanessa já vão na terceira garrafa. E com toda a razão, uma vez que a volta tem sempre um ‘gostinho a mais’.
 
“Voltamos no final de semana (....) a gente se ama”, garantiu o casal ao site UOL de ontem, 23.
 
Agora, vamos dá um tempo para os dois pombinhos.
 
Afinal de contas, eles merecem.

WhatsApp e o Golpe da Videochamada. Cuidado!!

O WHATSAPP E O GOLPE DO FALSO SERVIÇO DE VIDEOCHAMADA: CUIDADO COM OS CRIMINOSOS VIRTUAIS!!
 
Atenção: se você usa o aplicativo muito popular, chamado WhatsApp, tenha muita atenção com criminosos virtuais (chamados de cibercriminosos).
 
Eles estão doidos para lhe passar a perna. Funciona assim: eles mandam uma mensagem, com o pretexto de ativar um serviço de videochamada, que, segundo a empresa de segurança digital russa, Kaspersky, ainda não existe na plataforma. É nada mais, nada menos do que um GOLPE. Um grande e perigoso GOLPE – área em que eles são ‘mestres’.
 
Se alguém pedir para você acessar um link, sobre a ‘questão’, fuja da armadilha.
 
Cuidado: não seja a próxima vítima. Lamentar depois não vai adiantar muita coisa. A ‘vantagem’, é que você apenas vai poder ‘renovar’ suas lágrimas.

VEREADOR NO MARANHÃO VAI À SESSÃO DA CÂMARA DE BERMUDA E 'CHINELO DE DEDO'

CÂMARA MUNICIPAL DE PAULO RAMOS TEM VEREADOR COMPARECENDO DE CHINELO........ E BERMUDA. É isso mesmo!
 
 
Pegou mal a atitude do vereador Ivan Matos, comparecendo à primeira sessão do ano – após o recesso, de chinelo e até bermuda, daquelas que não atingem, sequer o joelho.
 
O vereador – que tem o hábito de andar nos lugares públicos, digamos assim, meio informal, simples, achou de ir para a primeira Sessão de 2016 da Casa legislativa (sexta-feira, 19) em trajes adequados para qualquer outra atividade, menos a de um parlamentar, dada a formalidade exigida pelo cargo.
 
A Sessão da Câmara acabou não acontecendo, por falta de quórum, mas Ivan Matos, ao adentrar ao recinto da Sessão da Câmara Municipal, mais parecia alguém que havia parado, ali, por um mero acaso, um engano, tanto que, até segurava um capacete em uma das mãos, enquanto Flávio Rocha, apresentador do programa diário “Cidade” cobria o acontecimento, dando-o como episódio inusitado, ou seja, nunca visto na história dos parlamentos.
 
Os mais radicais viram a ‘proposta’ do Vereador Ivan Matos como falta de decoro, por se portar de modo incompatível com a dignidade do cargo junto ao Poder Legislativo. Outros mais comedidos e talvez mais realistas, analisaram a atitude dele como falta de respeito – ao Poder Legislativo e ao cidadão.
 
Aliás, nesse quesito Ivan Matos parece que não é mais ‘réu primário’.
 
No ano passado, numa Sessão da mesma Câmara, referindo-se ao candidato derrotado nas eleições municipais de 2012, Deusimar Serra - responsável pela construção de casas populares, em Paulo Ramos, chegou a dizer que “.... acho é pouco se ele roubou só 350 mil”, com a desculpa de que tem gente por aí que já desviou valor muito maior.
 
Fosse Ivan Matos um iniciante, todo mundo dispensaria. Mas um parlamentar que já tem vários mandatos no currículo, não pega bem está realizando peripécias como essas. 
 
Não se está pregando que o vereador compareça às Sessões de paletó e gravata. Mas se a moda pega, daqui a pouco, o parlamentar pode chegar à Câmara Municipal, para resolver assuntos importantes, só de calção de banho.
 
O parlamento e os políticos já estão tão em baixa, atualmente. Mas Ivan, “o terrível”, acha que pode contribuir para se chegar mais perto do fundo do poço.
 
Vai ser uma contribuição e tanto.
 
É oportuno que o presidente da Casa, Weltran Arruda, chame o vereador Ivan Matos para uma conversa, para evitar que ele repita a façanha, incentivando outros colegas a fazer o mesmo. Não se pode esquecer que exemplo ruim pega rápido.

POLÍCIA FEDERAL VAI FAZER O 'DICIONÁRIO' DA LAVA-JATO. O GOVERNO CONTESTA.


POLÍCIA FEDERAL PODE FAZER UM ‘DICIONÁRIO’ PARA A LAVA-JATO. O MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONTESTA.

 

Nada confirmado, por enquanto. Mas com o andar da carruagem, a Polícia Federal vai ser obrigada a inovar, também, na parte da língua portuguesa. É que, com o aparecimento de termos de significados estranhos, vindos com a apreensão de documentos que incriminam os envolvidos, os investigadores da operação estão se mobilizando para fazer uma espécie de “Mini-Dicionário” da língua dos criminosos do esquema Petrobras.

 

A Polícia Federal entende que pode ser uma ‘ferramenta’ importante para ser usada em outro grande escândalo, no futuro. “Sabe lá se não há um esquema parecido, logo, logo, ou que tem ramificação com esse”, disse um agente federal, cujo nome vai ficar em sigilo, por segurança.

 

Duas editoras já se interessaram pela publicação do ‘projeto’.

 

Os termos são vários e se referem até a comida e animais:

 

“MO” = Marcelo Odebrecht.

“JD” = José Dirceu, ex-deputado do PT

“IL” = Instituto Lula.

“Vaca” = Vacari Neto, ex-deputado do PT que perdeu o cargo e está preso.

“Pixuleco” = expressão criada por Vacari Neto, quando ia pegar o dinheiro.

“Feira” = termo vinculado ao pagamento dos serviços prestados por João Santana, marqueteiro de Dilma Rousseff.

 

O Ministério da Educação em Brasília, já avisou que, se o plano for levado à frente, vai acionar a justiça para barrar a ideia.

 

O Ministério acha que pode ser ruim para toda uma geração de jovens que querem ver um País decente, onde o brasileiro tenha orgulho das instituições.

 
Barrar a publicação, só depois, não há sentido algum.

PANELAÇO DEIXA LULA, DILMA ROUSSEFF E O PT IRRITADOS

LULA DECIDE MUDAR O NOME: LULA ‘PANELAÇO’ DA SILVA
 
Virou regra, ou melhor, virou lei. Quando Lula e/ou Dilma Rousseff falam nos programas do PT, o panelaço come, Brasil afora.
 
Até o Nordeste, mais conservador, tem acompanhado o protesto, como ontem, quando Lula falava no programa eleitoral do PT.
 
Ontem foi panelaço misturado com apitaço. A duração do protesto coincidiu com o tanto de minuto da fala do ex-presidente. Só não durou mais porque Lula resolveu parar a fala.
 
Lula chegou a confessar para uma pessoa que não aguenta mais: “eu já estou perdendo a paciência com esse tipo de situação”. O ex-presidente até chegou a falar com bom humor: “Daqui a pouco, se brincar, até Marisa vai fazer barulho lá em casa. Aí eu perco a cabeça, de vez”, concluiu.
O lado bom (econômico) do panelaço está sendo visto, hoje de manhã: como muita gente exagerou na ‘dose’ e terminou amassando os objetos, tem muita oficina trabalhando em regime de ‘hora extra’, para viabilizar os consertos o mais rápido possível.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

CÂMARA MUNICIPAL DE PAULO RAMOS NO MARANHÃO TEM VEREADOR DE BERMUDA. É MOLE OU QUER MAIS?

VEJA AMANHÃ: QUAL É O VEREADOR DE PAULO RAMOS NO MARANHÃO, QUE VAI PARA A SESSÃO DA CÂMARA DE CHINELO E DE BERMUDA??

Vamos falar com o Presidente Weltran Arruda para mudar o Regimento Interno. Antes que o Conselho de Ética abra processo.

LAVA-JATO DESMORALIZA O REAL. LITERALMENTE.

O REAL SEMPRE FOI MOEDA DESMORALIZADA ENTRE OS IMPLICADOS DA OPERAÇÃO DA LAVA-JATO.
 
Essa é a constatação que vem da apreensão, há meses, de um documento pela Polícia Federal, na verdade, um bilhete, escrito à mão por Mônica Moura, mulher do marqueteiro de Dilma Rousseff, João Santana – ambos procurados por força de uma prisão temporária, decretada pelo juiz Sérgio Moro.
 
No bilhete, quando Mônica faz menção aos números, ela bota duas opções para receber numerários, mediante duas palavras muito conhecidas, notadamente por quem mexe com dinheiro sujo: “DÓLAR ou EURO”.
 
Foi isso que Mônica disse: vão aí duas opções: Dólar ou Euro.
 
Em real, mesmo, não, ainda que a ‘fonte’ da comida sejam as nossas riquezas, surrupiadas em três horários: de manhã, de tarde e de noite.

LAVA-JATO ABORRECE OS BAIANOS DE FEIRA DE SANTANA

A CORRUPÇÃO NA PETROBRAS AFETA O NOSSO DICIONÁRIO E ATÉ UMA CIDADE DA BAHIA.
 
Todo mundo sabe que, quando se fala em ‘feira’, vem à mente a compra de coisas... arroz, feijão, carne, para a nossa mesa. Traduzindo: quando se menciona a palavra “feira”, o significado é claro: comida, fartura, para melhorar a nossa barriga.
 
Só que ‘Suas Excelências’ envolvidos no esquema da Petrobras, não conseguiram usar palavra mais apropriada, quando se tratava de organizar os pagamentos/remessas do marqueteiro de Dilma, João Santana.
 
Quando as planilhas se referiam ao marqueteiro, o termo mais apropriado colocado ao lado das cifras era um só: ‘FEIRA’. Era ‘FEIRA’ de cima abaixo. Uma pessoa desavisada, poderia achar que o anotador havia colocado o termo “feira”, por engano. Mas não se tratava de qualquer erro.... é porque havia muitas ‘feiras’ para João Santana.
 
O motivo, você já sabe: uma referência à famosa cidade baiana, Feira de Santana.
 
Então, o termo ficava assim: “Feira de Santana”. Infelizmente, a 'feira' era mesmo só de Santana, o marqueteiro, e de mais ninguém. É ruim, hein?!
 
Eu lhe pergunto: como é que um termo cai tão bem para afetar, ao mesmo tempo, o nosso dicionário (pejorativo) e a própria cidade baiana?
 
Daqui pra frente, quando alguém quiser ofender uma pessoa, é só dizer que ela vai fazer a “feira”.
 
Os baianos da cidade de Feira de Santana não estão nada satisfeitos com a história.

OPERAÇÃO LAVA-JATO COMBATE O SEDENTARISMO

A OPERAÇÃO LAVA-JATO MELHORA A SAÚDE DE ALGUNS PRESOS. A notícia não é pegadinha. Veja como isso aconteceu.
 
Todo mundo sabe que prisão é ruim em todos os aspectos. Isso é consenso em qualquer parte do Planeta, independentemente de o sistema penitenciário ser bom ou não. Mas os presos da Lava-Jato ficaram excepcionados dessa constatação óbvia, pelo menos num quesito: o das condições físicas.
 
É que, por pura ironia – alguns presos ligados às empresas envolvidas no esquema de corrupção e outros delitos – como Odebrecht, Camargo Corrêa, OAS e outras, cultivavam o hábito de fazer exercícios regulares, com aparelhos de musculação (talvez, mais por influência dos ‘contratos’ e dos negócios do que, propriamente, com o objetivo nobre de melhorar o corpo). 
 
Pois não é que eles decidiram, juntos, na Cadeia, continuar o hábito da musculação? É verdade pura.
 
Segundo um delegado da Polícia Federal, entrevistado pelo Jornal Hoje desta segunda, 22, que contou o detalhe, os presos da Lava-Jato estão saindo da prisão, digamos assim, mais ‘vistosos’, pela melhora de suas condições físicas, já que eles, no cárcere, continuaram a fazer atividade física e musculação, de modo regular, ‘ajudados’ pelo superávit de tempo.
 
Ao menos nesse ponto, os presos da Lava-Jato estão contribuindo com o País, ajudando a saúde deles próprios, além de incentivar muita gente a sair da vida sedentária.
 
Como se vê, nem tudo está perdido.